Vendedor faz sucesso falando mal dos seus produtos: 'Eu mesmo não compraria'

O ambulante ganhou a simpatia dos clientes admitindo que seus bombons são ruins e os chaveiros feios

O Liberal

Um vendedor "sincerão" tem conquistado o carisma de clientes e internautas com um modo inusitado de vender os próprios produtos. Evandro Silva, de 26 anos, vem ganhando destaque na internet desde o início de dezembro de 2021 pelo excesso de sinceridade. Ele está conquistando os clientes de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, falando mal dos produtos que ele mesmo vende. Despojado e comunicativo, o "super sincero" ganhou fama no Tik Tok rapidamente e agora tem mais de 252 mil seguidores na plataforma. As informações são do portal Splash.

VEJA MAIS

image Jovens brigam por música em bar e golpe inusitado viraliza na internet
A confusão fez sucesso entre os internautas e o 'chute no vento' logo virou meme

image Cachorra viraliza ao curtir praia de óculos de sol e chapéu no primeiro dia do ano
A cena fez sucesso na internet ao mostrar a mascote de um grupo em um momento bem 'plena', sem preocupação com a vida

"Eu comecei a falar para o pessoal que o produto era ruim, aí então eles começaram a comprar", cometou ele, que optou pela estratégia inusitada e pouco recomendável após perceber uma queda nas vendas. Em sua fala, ele diz aos clientes que os bombons que vende são "ruins da peste" e que seus chaveiros são feios demais. "Compra essa m***a aqui pra ajudar? Oh moço, vou falar para você, é ruim demais, eu mesmo não comprava, eu comi um e joguei fora de tão ruim", confira:

Nomeado de 'Vendedor Sincero', Evandro começou a trabalhar com vendas desde os 16 anos para ajudar na renda da família e aprendeu as táticas apenas olhando os vendedores da rua. Apesar do pequeno valor adquirido, ele destina uma parte do dinheiro para uma comunidade de Nova Iguaçu, que apoia pessoas em situação de rua e com dependência química. "Eu sei que tem muita gente na rua que quer mudança de vida e isso dói muito no coração. Com parte do dinheiro, nós compramos cestas básicas, passagens de transporte e o que for preciso". 

Mas, quem pensa que o dinheiro é o objetivo principal de Evandro se engana, pois, segundo ele, o contramarketing tem o objetivo de arrancar um sorriso dos clientes. "O sorriso é o mais gratificante. E saber que o povo está gostando e está comprando me faz querer continuar”, diz ele. 

Brasil
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL