Soldado da Força Nacional já havia sido denunciado por ex por ameaça. Namorada acaba morta

Suspeito alega que tiro foi acidental, mas juiz determinou que Josimar Silva continue preso

Duas denúncias haviam sido feitas contra o soldado da Força Nacional de Segurança Pública Josimar Pereira Silva, de 29 anos, que está detido por matar a namorada, Nathalia Lima Costa, de 25. As denúncias por ameaças de morte foram registradas por outra namorada, em Jataí, no sudoeste goiano. Os casos foram registrados há cinco anos.

Josimar alegou para a Polícia Civil que o tiro que matou Nathalia Lima Costa foi acidental.

Na sexta-feira (10), o Ministério da Justiça, responsável pela Força Nacional, informou que já havia instaurado investigação e o processo para afastamento imediato do profissional.

Nathalia morreu com um tiro (Reprodução/TV Anhanguera)

Nathalia foi encontrada morta na quinta-feira (9), no quarto de Josimar. O soldado fugiu do local do crime, mas se entregou no dia seguinte e acabou preso em flagrante.

O delegado Marlon Souza pediu à Justiça que a prisão de Josimar fosse convertida em preventiva (por tempo indeterminado). O juiz Thiago Soares Castelliano Lucena de Castro acatou o pedido.

Brasil