Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Professor assedia sexualmente aluna por mensagem: 'Vou te arregaçar'

A vítima chegou a duvidar que estava sofrendo assédio sexual, mas manteve o contato para ter provas concretas do crime

O Liberal

Uma aluna do ensino médio foi assediada por um professor de história, que enviava mensagens de cunho sexual para a jovem. A vítima relata que o educador tinha o costume de mandar mensagens por Whatsapp sobre conteúdos da escola, mas ele começou a levar para o lado sexual. O caso aconteceu no Centro de Ensino Médio 804, em Brasília (DF) e foi divulgado na quinta-feira (2). As informações são do jornal Metrópoles.

A jovem, de 18 anos, que não será identificada, relatou que o assédio começou em maio deste ano. “Posso confessar algo? Te acho uma grande mulher”, enviou o docente à aluna.

A vítima chegou a duvidar que estava sofrendo assédio sexual, mas manteve o contato para ter provas concretas do crime. “Você faz 18 quando? Curiosidade”, insistiu o homem.

Professor assedia sexualmente aluna por mensagem: ‘Vou te arregaçar’

Ela relata que o professor mandava as mensagens sexuais, mas, caso a resposta demorasse, ele apagava os envios. Ainda, se a resposta não fosse como ele esperava, o professor da escola estadual colocava a desculpa no corretor do celular.

Em um dos prints, antes do professor apagar a mensagem, a jovem flagrou o momento em que ele prometeu "arregaçar" a aluna.

O caso é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 29ª DP (Riacho Fundo).

A escola se pronunciou sobre o caso, por meio de nota: “Está sendo divulgado em uma rede social particular de uma estudante do CEM 804 uma notícia envolvendo um professor da escola. Esclarecemos que o fato não aconteceu no âmbito da escola e a direção tomou todas as providências cabíveis quando foi informada do ocorrido. Portanto, este fato já está sendo averiguado pelas devidas instâncias legais (Corregedoria da SEDF e Polícia Civil)“.

A Secretaria de Educação também se manifestou: “A denúncia da estudante, feita em junho passado, gerou a abertura de um processo administrativo disciplinar contra o professor. Esse processo está em curso. A Secretaria de Educação espera a conclusão das investigações para tomar as providências cabíveis”.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL