Pai obriga filho a comer maconha e diz que não se arrepende de sua atitude

O homem ficou revoltado quando achou a droga em sua casa

Com informações do G1 Sorocaba e Jundiaí

Imagens de um pai obrigando o filho a comer maconha após encontrar a droga em casa viralizaram nos últimos dias. O pai é Ricardo Luís de Camargo, que trabalha como pedreiro, e o filho tem 20 anos, mas não teve a identidade divulgada. Nas imagens, é possível ver o jovem ao lado de um carro e com uma sacola plástica aberta com as porções da droga. O pai fez o filho comer pedaços com a ajuda de um copo d'água.

"Não é bom para fumar? Então é bom para comer também", gritou o homem.

O filho responde que não consome a droga e a havia encontrado na rua. Depois, o homem afirma que a maconha estava dentro de casa e pergunta por que o filho não jogou no lixo.

“Mandei ele embora, mas deixei voltar para casa. Dei uma chance. No dia do fato pedi para comprar uma correia de carro no Éden. Enquanto isso, fui pegar uma máquina de grama e vi a droga em cima do guarda-roupas. Deixei em cima do carro e esperei ele chegar”, completou Ricardo.

O vídeo foi publicado nas redes sociais e teve mais de 1 milhão de acessos. Com a viralização, o Conselho Tutelar de Votorantim, em São Paulo, tentou identificar o homem, que entrou em contato para se justificar. O pai afirmou que não se arrepende do que fez.

“Fui condenado por alguns. Sou pai de família, não sou vagabundo e trabalho de pedreiro. Até mesmo doente venho trabalhar e quero que meu filho seja o melhor homem do mundo”, afirmou o pai.

“Não bati. Levei ele para conversar com policiais, para abrir a mente dele que a droga não leva a nenhum lugar. Falou para mim que nunca mais ia usar. Tenho medo de enterrar um filho. Fomos feitos para enterrar os pais. Ele está trabalhando comigo, não é bandido”, defendeu o pedreiro.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL