Pai de menina que matou amiga é autuado por porte ilegal

Dentre as sete armas do homem, que é atirador esportivo, duas não têm registro; ele pagou fiança e foi liberado

Redação Integrada com informações do Metrópoles e G1

O pai da menina que atirou e matou a amiga em um condomínio de luxo foi detido, porque duas das sete armas encontradas na casa dele não tinham registro. A tragédia aconteceu no domingo, 12, em Cuiabá (MT).

A vítima teve é Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, morta em tiro acidental, ao que tudo indica, pela amiga da mesma idade, em um condomínio de luxo. A arma era do pai, que é atirador esportivo.

Por isso, o proprietário do imóvel, Marcelo Martins Cestari, de 46 anos, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ele foi conduzido à delegacia, autuado, mas liberado após pagar fiança.

A Polícia Civil de Mato Grosso (PCMT) marcou depoimentos para entender o que aconteceu dentro da casa. De acordo com os investigadores, a vítima foi atingida na cabeça e morreu no local, antes de o Samu chegar.

A adolescente que atirou é praticante de tiro esportivo há pelo menos três anos, como o pai, que também pratica o esporte. A informação foi confirmada pela Federação de Tiro de Mato Grosso (FTMT).

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL