Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher é presa por esfaquear namorada e a deixar agonizando por três dias

A vítima não resistiu e morreu após ser internada no hospital

O Liberal

Na última quarta-feira (4), a polícia prendeu uma mulher de 30 anos suspeita de esfaquear até então a namorada, de 32 anos, com um golpe na região da barriga e a deixar agonizando por três dias sem oferecer socorro à vítima, em Aragarças, na divisa de Goiás com Mato Grosso. As informações são do portal Metrópoles.

Na delegacia, a mulher confessou o crime, que teria ocorrido no Natal do ano passado, e afirmou que estava arrependida. Na época, a suspeita, com quem mantinha um relacionamento conturbado, teria  ingerido bebida alcoólica e iniciado uma discussão por ciúmes com a vítima. 

Em um momento acalorado da briga, a mulher teria golpeado com uma faca a companheira. O pedido de ajuda só teria chegado após três dias, quando a suspeita teria levado a vítima ferida ao hospital para receber os primeiros socorros.

No setor hospitalar, a mulher disse que uma terceira pessoa teria provocado o ferimento da namorada. A vítima não resistiu e morreu um dia após ser internada. O caso começou a ser investigado pela Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH) e foi comprovado que a suspeita teria mentido.  

O inquérito vai ser concluído nos próximos dias e enviado ao Ministério Público.

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL