Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Morre aos 97 anos o general Newton Cruz, ex-chefe do SNI durante a ditadura militar

Ele estava internado em um hospital do Rio de Janeiro e faleceu de causas naturais

Lucas Costa

Morreu na sexta-feira, 15, o general Newton Cruz, que ocupou um dos cargos militares mais altos na ditadura militar. Aos 97 anos, ele estava internado no Hospital Central do Exército, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e morreu de causas naturais, segundo informações do G1.

VEJA MAIS

MPF aciona Justiça para obrigar Defesa a apagar nota que celebra ditadura
Ministério Público Federal entende que apologia ao golpe fere a Constituição

Juíza condena Funai, União e MG por 'campo de concentração' Krenak na ditadura
Deverá ser feita cerimônia pública na qual serão reconhecidas as graves violações

Cruz foi chefe da Agência Central do SNI, o Serviço Nacional de Informações, entre 1977 e 1983. O órgão ficou conhecido como um dos principais da repressão do regime.

Em 2014, o general foi apontado pela Comissão da Verdade como um dos 377 militares que cometeram crimes durante a ditadura.

Em 1994, Newton Cruz chegou a ser candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo PSD. Terminou em terceiro colocado no primeiro turno, atrás de Marcello Alencar (PSDB) e Anthony Garotinho (PDT).

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL