Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Idosa é velada viva por oito horas e parentes interrompem o velório ao perceber o caso

Em meio a cerimônia fúnebre, os parentes levaram a mulher para um hospital

O Liberal

Um caso inacreditável aconteceu no velório de Carolina Lopes de Almeida, de 93 anos. A idosa estava viva e os parentes, ao perceberem, interromperam a cerimônia para levar a mulher a um hospital. O caso aconteceu na última sexta-feira (8), no Mato Grosso. As informações são do Metrópoles.

De acordo com relatos de testemunhas, os convidados da cerimônia notaram que o corpo de Caluzinha, como era conhecida, estava quente. No entanto, em um primeiro momento, os familiares acharam que poderia ser efeito do calor da cidade.

Porém, para tirar dúvidas, um médico foi chamado e constatou que a mulher, que estava sendo velada há oito horas, estava viva. Ela foi imediatamente encaminhada para um hospital. Mas, no local, recebeu outro atestado de óbito.

A idosa recebeu um novo velório e foi enterrada no sábado (9). O hospital e a família preferiram não se pronunciar sobre o acontecido.

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL