Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem que abusou de 70 crianças era ‘viciado em games’ e morava com a mãe

O criminoso, de 23 anos, não tem profissão e disse que usava perfis falsos em plataformas digitais para aliciar menores

O Liberal

Um homem foi preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) acusado de abusar de pelo menos 70 crianças e adolescentes em vários estados do país e no DF. O jovem, de 23 anos, foi preso nesta quarta-feira (21). Ele não tem profissão definida e morava com a mãe em uma casa simples, em Teresina, no Piauí. As informações são do Metrópoles.

Leia mais:

Criança é estuprada por amigo do pai durante visita em sua casa Quando a criança foi entregue a mãe, ela disse que não gostava do amigo pai por ele ter abusado dela

Criança de 4 anos é estuprada pelo bisavô Mãe foi quem descobriu o crime: 'se queixava de dores'

Criança de 7 anos é estuprada por irmão da babá A mãe da própria vítima que desconfiou do abuso. Ela percebeu que o comportamento da filha era diferente.

O homem se entregou à polícia e disse que é “viciado” em games, por isso permanecia tanto tempo conectado à internet. Ele costumava usar aparelhos celulares para interagir com as vítimas por meio das redes sociais. As investigações dizem que ele fingia ser uma garota adolescente de nome Luíza Emanuelly para atrair meninos e adolescentes.

Criança de 10 anos é estuprada pelo ex-marido da sua tia O crime acontecia desde 2009 até 2011

Menina de 6 anos é estuprada dentro da própria casa Homem foi preso em flagrante após denúncia da mãe da criança

Durante semanas, o maníaco usava perfis falsos em plataformas digitais e mantinha conversas com conteúdo sexual com as vítimas. Os meninos eram convencidos a enviar fotos e vídeos onde apareciam nus.

Nesse caso, mesmo sem contato físico, a lei define o crime como abuso sexual.

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL