Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem estupra criança e diz ter 'fascínio' por pedofilia

Ele se apresentou na delegacia alegando que temia pela sua integridade física

Redação Integrada, com informações do UOL

Um homem suspeito de estuprar um menino de dez anos, em Salvador, relatou à polícia ser 'doente' e que precisa de auxílio para tratar o seu 'fascínio' por pedofilia. O pedido de ajuda foi feito durante seu depoimento, na delegacia que investiga o caso. O abuso sexual ocorreu no último domingo (8), em uma praia do distrito de Guaibim, onde o agressor tem uma barraca e a vítima trabalha vendendo acarajé. O ato de violência sexual teria sido praticado dentro do estabelecimento do acusado.

O abuso ocorreu no último domingo (8), em uma praia do distrito de Guaibim, onde o agressor tem uma barraca e a vítima trabalha vendendo acarajé. O ato de violência sexual teria sido praticado dentro do estabelecimento do acusado.

Segundo o pai da criança, o filho contou que foi obrigado pelo homem a fazer sexo oral. Após o abuso, o agressor fugiu. Naquele mesmo dia, moradores atearam fogo na barraca do acusado.

"Ele confessou que precisava de ajuda e admitiu ser fascinado por abusar de menores. Disse que decidiu ir à delegacia por estar preocupado com sua integridade física. Se ele não tivesse fugido, de fato, certamente seria sido linchado e provavelmente estaria morto", declarou o delegado José Raimundo Neri Pinto.

O delegado ainda disse que o homem se apresentou na unidade e afirmou que temia por sua integridade física. Ainda de acordo com o delegado, o homem de 40 anos tem registro na polícia por já ter violentado sexualmente um outro menor.

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL