Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Henry Borel sangrou por 4 horas até a morte, aponta laudo

Conclusão do IML é de que lesão no fígado do menino, sem atendimento, foi fatal

Redação Integrada com informações de O Globo

A causa da morte de Henry Borel, de 4 anos, foi detalhada em laudo complementar do Instituto Médico Legal (IML). A criança teve hemorragia interna por quatro horas, que resultou na morte da vítima. A principal lesão foi no fígado.

De acordo com Globo, Henry morreu entre 23h30 e 3h30 do dia 8 de março.

Em depoimento, a mãe, Monique Medeiros, disse à Polícia que ela e o namorado, o médico e vereador carioca Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido), levaram o garoto ao hospital por volta de 4h09. Ambos estão presos.

Os detalhes sobre a morte brutal de Henry foram revelados pelo legista Leonardo Huber Tauil, responsável pela necropsia no menino. O profissional respondeu a 16 perguntas elaborados pelo delegado Henrique Damasceno, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), sobre as 23 lesões atestadas nos documentos.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL