Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Delegado de polícia perde R$ 30 mil em novo golpe do PIX

A vítima diz não ter passado senha, apenas confirmado alguns dados pessoais. Mesmo assim, perdeu dinheiro em transferências por PIX

O Liberal

Um delegado aposentado da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF)  perdeu quase R$ 30 mil após ser vítima de um golpe na última semana. Ele relatou que, mesmo não tendo repassado sua senha para a suposta atendente do banco, diversos PIX foram feitos em sua conta após o contato. As informações são do portal Metrópoles.

Mário Gomes da Nóbrega registou ocorrência na 20ª DP (Gama), no dia 28 de outubro e de acordo com o aposentado, ele recebeu uma ligação em que uma mulher se identificou como atendente de banco e pediu para confirmar transação suspeita de R$ 4,5 mil em nome de pessoa desconhecida. “Nunca tinha ouvido falar e disse que a transferência não deveria ocorrer”, pontua Mário.

Diante disso, a atendente passou a fazer uma série de perguntas com o intuito de convencê-lo de que ela estava preocupada com o caso. Não apenas informou todos os dados dele corretamente, como gerou até um número falso de protocolo. “Ela ficou tentando me segurar na linha pelo maior tempo possível”, detalha.

Por fim, a mulher do outro lado da linha pediu para que fosse feito um PIX a uma pessoa de confiança, apenas com intuito de confirmar se havia ou não algum vírus no celular. “Fiz um de R$ 100 para minha filha e, depois disso, meu celular acabou a bateria. Fiquei algumas horas na rua ainda até chegar em casa para poder ligar novamente”, lembra.

Quando Mário checou o aplicativo do banco, havia seis transferências de quase R$ 5 mil cada, para uma pessoa desconhecida. Todas ocorreram no espaço de 13 minutos.

Após o ocorrido, ele foi ao banco e mandou cancelar todos cartões, além de pedir ressarcimento. “Não uso mais aplicativo. Para ocorrer algo assim? Não dei minha senha, nem nada, e os golpistas conseguem acessar. Agora me disseram que vão analisar o caso, pois isso tem sido algo recorrente”, disse o delegado aposentado.

Segundo Mário conseguiu apurar com colegas investigadores, esta é, possivelmente, uma técnica de espelhamento de tela, mas ele ainda não sabe como isso aconteceu, já que não repassou dados.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL