Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Brasil ocupa 7ª posição de países com mais contaminações de varíola dos macacos

O índice de contaminações registrou um aumento de 16,8%. Mais de 75 países foram atingidos pela doença.

Emilly Melo

O Brasil ocupa a sétima posição no mundo entre os países com maiores índices de contaminação pela varíola dos macacos, segundo os dados das entidades internacionais. Desde a confirmação do primeiro caso da doença no país, em junho deste ano, foram contabilizados 813 diagnósticos, de acordo com o boletim mais recente divulgado ontem pelo Ministério da Saúde.

VEJA MAIS

Varíola dos macacos: vírus monkeypox já foi confirmado em dois estados da região norte
No Pará, Sespa garante que ainda não há registros da doença. Infectologista alerta para a vigilância dos sintomas

Varíola dos Macacos: conheça os sintomas, formas de transmissão e como se prevenir contra a doença
A doença já possui mais de e cinco mortes e 16 mil casos relatados em 75 países

Na última sexta-feira, o Brasil contabilizava 696 casos da doença.No entanto, o índice de contaminações registrou um aumento de 16,8%. O crescimento do surto no país é reflexo do avanço da doença ao redor do mundo.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, no último sábado (23), a varíola dos macacos como uma emergência de saúde pública de interesse internacional, que atinge mais de 75 países. 

O maior número de casos foi confirmado nos Estados Unidos pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) do país, com 3.846 casos. Já a Espanha possui 3.125 casos, seguida da Alemanha, com 2.152. 

Varíola dos macacos: plano de contingência do Pará está fase em finalização, diz Sespa
Secretaria emite nota técnica com orientações sobre transmissão, sintomas e prevenção

Varíola dos macacos é identificada em crianças pela primeira vez; veja
Segundo o CDC, provavelmente, o vírus foi transmitido por familiares

Rosamund Lewis, líder técnica da OMS no combate à doença, classificou a situação do Brasil como “muito preocupante”. 

“Certamente é muito preocupante para países como o Brasil, que é um país grande, e agora também vem relatando um número significativo de casos”, disse a especialista.

Lewis também ressaltou a possibilidade de estar havendo subnotificações de casos devido a falta de testes e pediu que as autoridades ajam de acordo com a emergência de saúde pública, decretada pela OMS. 

(*Emilly Melo, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do Núcleo de Política)

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL