Adolescente mata criança de 10 anos com pedaço de concreto para roubar objetos

Crime aconteceu em uma fazenda na zona rural de Abadiânia

Com informações do Uol

Um novo crime brutal chocou a população de Abadiânia (GO), na segunda-feira (13). Depois de uma japonesa ter sido estuprada e morta por um jovem de 18 anos, agora uma criança de apenas 10 anos foi assassinada por um adolescente de 15 anos, para roubar da casa dele alguns objetos. Os dois eram vizinhos.

O crime aconteceu em uma fazenda na zona rural de Abadiânia. A criança foi espancada até a morte com um pedaço de concreto em uma área de matagal da fazenda. A mãe da vítima estava dentro de casa, mas não percebeu a movimentação porque é cega e estava ouvindo música.

A delegada de Abadiânia, Isabella Joy, explicou que, quando o adolescente chegou, já chamou o menino para o mato e deu início às agressões. "Ele pediu para a criança se deitar na grama, amarrou a cabeça dela com a camiseta que ela estava usando e desferiu três pancadas com um soquete de concreto. A mãe só descobriu tudo depois que notou que alguém tinha levado a televisão de casa", explicou.

Segundo a delegada, a mulher começou a gritar pelo filho. O padrasto então apareceu e encontrou o corpo do menino no matagal. Além da televisão, o adolescente levou também dois rádios, uma bolsa e um perfume da casa. A delegada explicou que, até o momento, não existe suspeita de que o crime tenha sido ordenado por alguém, já que a própria mãe do adolescente infrator disse que ele tem um histórico agressivo e que o pai está preso.

O garoto de 15 anos foi apreendido por crime análogo ao latrocínio, que é o roubo seguido de morte, e foi levado à delegacia da criança e do adolescente, onde aguarda a decisão da justiça sobre o caso.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL