Pandemia faz Arquidiocese mudar programação da Semana Santa; confira

Celebrações serão realizadas sem público e procissões foram canceladas. Eventos são todos transmitidos.

Eduardo Rocha

A suspensão de missas e procissões presenciais como estratégia para evitar a propagação da covid-19 atinge em cheio os eventos da Semana Santa. A tradicional Missa dos Santos Óleos, por exemplo, que seria realizada nesta quinta-feira (9), às 9 horas, na Catedral Metropolitana e com a presença de todo o Clero da Arquidiocese de Belém, foi celebrada no último dia (6), no mesmo local e horário.

A missa na segunda-feira foi presidida pelo arcebispo metropolitano de Belém, dom Alberto Taveira Corrêa, ladeado pelo bispo auxiliar de Belém, dom Antônio de Assis Ribeiro, e outros membros do Clero, e transmitida pelos meios de comunicação da Arquidiocese aos fieis, como tem sido nesse período de isolamento social. Na missa, foram abençoados os óleos para as cerimônias litúrgicas ao ano e renovados os votos sacerdotais.

A Semana Santa é o evento mais importante da Igreja Católica. Nesta Quinta-Feira Santa, as atenções dos fiéis e religiosos em geral voltam-se para a Missa da Ceia do Senhor. A cerimônia será transmitida ao vivo, às 18 horas, diretamente da Catedral. A celebração da Ceia do Senhor, dia da instituição da Eucaristia, dá início ao Tríduo Pascal, ou seja, à missa contínua que somente terminará no Domingo de Páscoa. O Tríduo Pascal reúne a Ceia do Senhor, Sexta-Feira da Paixão, Sábado de Aleluia e Domingo de Páscoa.

A missa lembra a Última Ceia de Jesus com os apóstolos, ocasiã  em que o Cristo ofereceu o seu Corpo e Sangue na forma de pão e vinho (Eucaristia) e fez o gesto de lavar os pés dos seus seguidores indicando o amor, humildade e fé como lemas dos filhos de Deus. Este ano, não haverá a Cerimônia do Lava-Pés.

Sexta-Feira Santa

Como informa a Arquidiocese de Belém, nesta Sexta-Feira Santa (10), não será realizada a Procissão do Encontro, reunindo as imagens de Nossa Senhora das Dores e Nosso Senhor dos Passos, com o tradicional Sermão do Encontro. Porém, ocorrerá a 141°edição do Sermão das Sete Palavras. Este ano, o Sermão não terá a presença do Coral Santa Cecilia, apenas do pregador. Os fiéis podem acompanhar ao vivo pelos meios de comunicação da Arquidiocese de Belém. As demais paróquias transmitem suas programações por conta própria.

O pregador do Sermão das Sete Palavras 2020 será o cônego Vladian Silva Alves, pároco da Paróquia Santíssima Trindade e diretor geral da Faculdade Católica de Belém. O Sermão começará às 12 horas, na Capela do Colégio Santo Antônio. Não haverá a procissão do Senhor Morto.

A Vigília Pascal, com modificações, será celebrada e presidida por Dom Alberto Taveira Corrêa e pelo bispo auxiliar Dom Antônio Ribeiro, às 19 horas do sábado (11), com transmissão da Arquidiocese e das  paróquias.

Neste domingo (12), será celebrada a Páscoa, indicando a ressurreição de Jesus Cristo, considerado o ponto central e mais importante da fé cristã. Por meio de transmissão ao vivo, os fiéis poderão acompanhar a celebração da Páscoa, às 9 horas, na Catedral Metropolitana. A Santa Missa será presidida pelo cônego Roberto Cavalli e, às 12 horas, na Capela da Residência Episcopal, presidida por dom Alberto Taveira Corrêa e dom Assis Ribeiro.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM