Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Leitura crítica é estimulada durante visita de alunos da escola Nossa Senhora do Rosário à sede de O LIBERAL

Além de conhecerem a redação, o parque gráfico e outros setores da empresa, os estudantes puderam tirar dúvidas e sanar curiosidades sobre a rotina dos jornalistas

Fabyo Cruz

Mais de 20 alunos da Escola Municipal Nossa Senhora do Rosário, de Marituba, na Região Metropolitana de Belém (RMB), participaram de uma visita pedagógica à sede do jornal O LIBERAL, na manhã desta terça-feira (23), por meio do Programa O Liberal na Escola. Além de conhecerem a redação, o parque gráfico e outros setores da empresa, os estudantes puderam tirar dúvidas e sanar curiosidades sobre a rotina dos jornalistas, e foram estimulados a desenvolverem o hábito da leitura crítica.

Participaram da visitação as turmas da 8ª série e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que foram acompanhados por três educadores. Durante a visita, a professora Damiana Castro, que leciona a disciplina de matemática na escola, comentou que a leitura crítica é um dos principais costumes que os jovens precisam ter domínio para no futuro encararem as provas do vestibular.

“Nós sabemos que as disciplinas estão interligadas, inclusive com a matemática. Um exemplo disso são as provas do Enem, onde a interpretação de texto é essencial. Por isso, os estudantes precisam aprender a ter o domínio da leitura crítica, e nada melhor do que trazê-los aqui na redação do jornal O LIBERAL”, disse a educadora Damiana Castro. Segundo informou a professora, os alunos que participaram da visita foram selecionados conforme seus desempenhos nas aulas.

O jornalista Lázaro Magalhães, chefe de produção de O LIBERAL, apresentou aos visitantes a redação da empresa. No local, Lázaro comentou sobre os processos de produção e checagem de informações, a importância de identificar as notícias falsas e a relação do jornalismo com a educação. O profissional abriu espaço para que os estudantes fizessem perguntas, e os alunos da escola Nossa Senhora do Rosário foram bastante participativos.

Kauan Progenio, 14 anos, aproveitou a oportunidade para perguntar sobre quantos profissionais atuam na redação. O aluno do 8º ano contou que sempre teve essa curiosidade. “Imagino que o trabalho dos jornalistas deve ser muito puxado devido a tantos assuntos que eles abordam. Soube que aqui trabalham mais de cem jornalistas. Achei muito divertido conhecer a redação do jornal”, disse o estudante.

Vivan Lira, 15 anos, contou que desde criança tinha vontade de ser jornalista e conhecer como é a rotina dos profissionais da comunicação. “Achei a visita bem interessante, quando criança eu queria ser repórter. Tinha vontade de saber como era uma redação, hoje pude conhecer. Atualmente, pretendo trabalhar na área de saúde, porém sei o quanto é importante estar bem informada sobre essa profissão através do jornal”, afirmou.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM