Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Corda do Círio chega a Belém nesta quinta (16)

Pelo segundo ano, devido à pandemia de covid-19, a corda ficará apenas exposta aos fiéis pela falta de procissões nas ruas

O Liberal

Nesta quinta (16), por volta das 10h, a Corda do Círio, chega a Belém. É um dos principais ícones da festividade, que normalmente seria usada nas duas maiores e mais tradicionais procissões: o Círio e a Trasladação. Por conta das mudanças que permanecem este ano no Círio, com a ausência das procissões e da Imagem Peregrina nas ruas, a corda será apenas exposta. Mais especialmente, para que os fiéis que fazem seus pagamentos de promessas com ela, possam cumprir com a devoção, ainda que de um jeito diferente.
 
Uma parte da corda deste ano ficará em exposição em alguns locais da cidade, que ainda serão definidos pela Diretoria da Festa de Nazaré (DFN). A outra seguirá uma programação definida pelo arcebispo metropolitsano de Belém, dom Alberto Taveira Corrêa, entre as 95 paróquias de Belém. No sábado, dia 25, a partir das 14h30, a corda será vistoriada pela DFN, no colégio Santa Catarina.
 
A corda foi produzida em Santa Catarina, como nos anos anteriores. A empresa responsável é a Itacorda e a Expresso Vida Transporte foi a responsável pela  chegada em Belém.

Um dos símbolos que representam a fé dos devotos de Nossa Senhora de Nazaré é de sisal, tem 800 metros de comprimento com 50 milímetros de diâmetro. A corda chega em Belém dividida em duas partes de 400 metros.  Ela permanece adaptada às estações de metal que auxiliam no traslado das berlindas durante as romarias.
 
A corda passou a fazer parte do Círio em 1885, quando uma enchente da Baía do Guajará alagou a orla desde próximo ao Ver-o-Peso até as Mercês, no momento da procissão, fazendo com que a berlinda ficasse atolada e os cavalos não conseguissem puxá-la. Os animais então foram desatrelados e um comerciante local emprestou uma corda para que os fiéis puxassem a berlinda.

Desde então, foi incorporada às festividades e passou a ser o elo entre Nossa Senhora de Nazaré e os fiéis.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM