Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Varíola dos macacos: sobe para 142 o número de casos no Brasil

O número de infectados não para de crescer e oito estados do país confirmaram casos da doença

Maiza Santos

O número de pessoas infectadas com a varíola dos macacos subiu para 142 no Brasil. Nas últimas horas, os órgãos sanitários brasileiros confirmaram mais 36 casos da doença no país. O Ministério da Saúde alerta para os cuidados que devem ser tomados para não contrair a doença viral causada pelo vírus hMPXV (sigla para Human Monkeypox Virus).

VEJA MAIS

Varíola dos macacos: saiba como se prevenir da doença
Doença começa a se alastra pelo Brasil; casos passam de 100

Matheus Pires, de 'No Limite', está com varíola dos macacos
O ex-participante não estará presente na final do programa, que acontece nesta quinta (7)

Varíola dos macacos: órgãos de saúde do Pará devem apresentar medidas preventivas ao MPF
Respostas foram solicitadas à Sespa, à Anvisa e à Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde

Segundo as autoridades, dos oito estados com casos confirmados da varíola dos macacos, a grande maioria se concentra em São Paulo, que contabiliza 98 pessoas infectadas. Logo em seguida está:

  • Rio de Janeiro - com 28 ocorrências da doença
  • Minas Gerais - 8 pessoas infectadas
  • Ceará - 2 pessoas infectadas
  • Paraná - 2 pessoas infectadas
  • Rio Grande do Sul - 2 pessoas infectadas
  • Distrito Federal - 1 pessoa infectada
  • Rio Grande do Norte - 1 pessoa infectada

As autoridades de saúde informaram que estão em contato direto com as secretarias de Saúde estaduais, monitorando os casos e rastreando as pessoas com quem os pacientes tiveram contato.

Como acontece o contágio da varíola dos macacos?

De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), a varíola dos macacos geralmente é transmitida por:

  • contato direto ou indireto com sangue
  • fluidos corporais
  • lesões na pele ou mucosas de animais infectados

No entanto, a transmissão secundária, que ocorre de pessoa para pessoa, pode acontecer por:

  • contato próximo com secreções infectadas das vias respiratórias
  • contato próximo com lesões na pele de uma pessoa infectada
  • objetos contaminados recentemente com fluidos de infectados ou materiais da lesão
  • gotículas respiratórias

(Estagiária Maiza Santos, sob supervisão da editora Web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro)

Saúde
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!