PRF prende motorista em Mãe do Rio com material de campanha e dinheiro vivo

Agentes encontraram com o suspeito uma agenda com anotações que dão indício de crime eleitoral

O Liberal
fonte

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem de 44 anos por crime eleitoral, durante fiscalização no Km 272 da BR-010, em Mãe do Rio, no Pará. O flagrante aconteceu na segunda-feira (26).

Agentes da PRF abordaram um veículo modelo Fiat/Punto, por volta das 21h30, quando se perceberam que no interior do carro havia uma grande quantidade de material gráfico de campanha política.

Para a polícia, ele disse que era responsável, no município de Mãe do Rio, pela coordenação da campanha de um candidato a deputado estadual no Pará.

Questionado sobre possuir dinheiro em espécie, o homem afirmou que portava cerca de R$ 14 mil, que, segundo ele, eram provenientes de vendas ocorridas no final de semana em seu estabelecimento comercial.

Ao recolher o envelope com o dinheiro, a equipe localizou uma agenda com diversos documentos e anotações que relacionavam quantidade de votos a valores, solicitações de ajuda de custo, cheques-moradia, aluguel de veículos para transporte de pessoas, cestas básicas, vale-combustível, entre outros. A contagem dos valores totalizou em R$ 16.190. Nas anotações, havia um apontamento registrando a estimativa total de R$ 60 mil em gastos.

A partir dos indícios, o condutor foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Mãe do Rio (PA), e pode responder por crime eleitoral.

Caso seja comprovado o crime, a pena para dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou para outrem, dinheiro, dádiva, ou qualquer outra vantagem, para obter ou dar voto e para conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita, é de detenção até seis meses e pagamento de multa.

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA