'Nunca se fez com o patrimônio público o que foi feito ontem', diz Janja sobre invasões em Brasília

Em mensagem de repúdio à destruição nas sedes dos Três Poderes, a primeira-dama pede que Lula "não baixe a cabeça"

O Liberal

A primeira-dama do Brasil, Janja Lula, se pronunciou pela primeira vez desde os ataques e invasões às sedes dos Três Poderes neste domingo (8), em Brasília. Em mensagem publicada na sua conta do Twitter por volta das 12h desta segunda-feira (9), a esposa do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que "nunca se fez com o patrimônio público o que foi feito ontem".

"Por anos, a esquerda fez manifestações com milhares de pessoas em Brasília, com muito mais gente nas ruas do que vimos ontem. E apesar de muitos confrontos, nunca se fez com o patrimonio público o que foi feito ontem. Manifestações públicas fazem parte da democracia. Mas estes atos não foram uma manifestação democrática. O povo brasileiro reconhece isso e repudia o que aconteceu ontem. E o mundo democrático sabe o que estava em curso e não vai aceitar retrocessos no Brasil", declarou Janja na rede social.

Ela ainda disse que, apesar da destruição, está hoje no Palácio do Planalto, "trabalhando para reconstruir o Brasil". "A democracia não vai se dobrar e o presidente Lula não vai baixar a cabeça. Era o que dona Lindu sempre dizia a ele e é o que o povo brasileiro espera dele nesse momento: não baixe a cabeça nunca, Lula", afirmou a esposa do presidente.

 

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA