Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Novo presidente do IBGE quer Censo 'provavelmente' em 2022

Os adiamentos, segundo Eduardo Rios Neto, deixam essas informações cada vez mais distantes da realidade

Com informações de UOL

O presidente nomeado nesta terça-feira (27) para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eduardo Rios Neto, afirmou o maior desafio da gestão será realizar o Censo Demográfico "com qualidade e boa cobertura". A execução da pesquisa estatística "provavelmente"será no ano de 2022.

Rios Neto explicou que a pesquisa dependerá das circunstâncias sanitárias e orçamentárias. As mesmas justificativas levaram ao adiamento do Censo, por duas vezes, desde o ano passado. "Vamos lutar pela integralidade do orçamento para o Censo 2022 e para mitigar as perdas operacionais em 2021", disse.

O presidente destacou a importância do Censo no planejamento das políticas municipais e distribuição dos recursos do Fundo de Participação de estados e municípios. Rios Neto avalia como "uma âncora para as projeções populacionais". Os adiamentos, segundo o presidente, deixam essas informações cada vez mais distantes da realidade.

O gestor ainda explicou que, no contexto da pandemia, a pesquisa pode atualizar o perfil populacional por sexo e idade, e dos arranjos domiciliares. Esses dados são fundamentais "para a determinação dos grupos de risco, inclusive para políticas de vacinação e outras medidas preventivas".

"Além disso, o Censo determina uma linha de base para a análise de impacto de medidas durante e após a pandemia", disse.

Antes de assumir o cargo, Rios Neto era diretor de Pesquisas do Instituto desde maio de 2019. Ele assume o cargo quase duas semanas após o anúncio de sua indicação, afirmando que dará continuidade ao trabalho da antecessora, a economista Susana Cordeiro Guerra.

Rios Neto é economista e demógrafo, e acredita que um desafio da gestão será modernizar as atividades do órgão, combinando tradição e novas tecnologias. Ele afirma que pretende usar registros administrativos junto à análise de grandes bases de dados, além de inteligência artificial.

Palavras-chave

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA