Mudança em nomes de partidos é tema de artigo escrito por colunista de OLiberal.com e doutores

Publicado na Revista Paraná Eleitoral, 'Siglas em xeque: o fenômeno contemporâneo de troca de nomenclaturas dos partidos brasileiros' é assinado por Rodolfo Marques, Bruno Conceição e Melina Mörsbarcher

Redação Integrada

O professor e colunista do Portal OLiberal.com, Rodolfo Marques, em parceria com os professores Bruno Conceição e Melina Mörsbarcher, todos doutores em Ciência Política pela UFRGS, tiveram artigo publicado na Revista Paraná Eleitoral - 2018 - Volume 7 - número 1.

O texto trata das mudanças dos nomes de siglas como uma estratégia eleitoral, explorando as vantagens e as desvantagens dos partidos, após vários ciclos eleitorais, se apresentarem ao eleitor sob outra nomenclatura.

Segundo Rodolfo Marques, "a temática foi levantada pelo professor Bruno Conceição, que percebeu essa mudança de nomes para slogans como, por exemplo, o PODEMOS (antigo PTN). Mais recentemente, o PPS virou CIDADANIA. Já o PFL, DEMOCRATAS. Temos também o PMDB, que tirou o P e ficou MDB, na tentativa de relembrar o período em que era oposição durante o regime militar. Foi uma mudança com estratégia de comunicação política e como Melina e eu também nos debruçamos nessa área, resolvemos juntar os nossos interesses de pesquisa, preparar o artigo e o submeter à revista Paraná Eleitoral."

O artigo "Siglas em xeque: o fenômeno contemporâneo de troca de nomenclaturas dos partidos brasileiros", alusivo a 2018 e publicado esta semana, pode ser conferido na íntegra no site do TRE do Paraná

Confira também a coluna Rodolfo Marques

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!