Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Imagens mostram detalhes de ação policial que resultou em 3 mortos no Guamá

Durante a troca de tiros entre policiais e criminosos uma das vítimas feita refém acabou sendo atingida e perdeu a vida

Redação Integrada

Imagens de circuito de segurança divulgadas nesta sexta-feira, 2, mostram em detalhes o tiroteio que resultou na morte de três pessoas - dois criminosos e um refém - na tarde da última quinta-feira, 1º, na rua Caraparu, no bairro do Guamá, em Belém. Outras duas pessoas ficaram feridas no tiroteio, entre elas um policial civil, que foi baleado na mão.

No vídeo é possível ver quando dois homens descem correndo de um veículo de cor prata. Armados, eles invadem um estabelecimento comercial e retornam rapidamente para o carro. Ao tentar escapar, no entanto, os dois acabam sendo encurralados por policiais, que chegam ao local em uma caminhonete branca e a pé, correndo, para tentar frustrar a fuga dos assaltantes. 

Ainda durante a gravação é possível ver quando os criminosos começam a trocar tiros com a polícia, numa ação que dura poucos minutos até que o tiroteio cesse. Em um dos trechos, um policial que estava na caminhonete é baleado e cai no chão.

No final do vídeo, o veículo utilizado pelos assaltantes não se move mais. O motorista de aplicativo João Macedo, que foi feito refém pelos criminosos, morreu no confronto com os policiais. Dois criminosos também foram atingidos pelos disparos e morreram ainda no local. 

Outras duas pessoas, entre elas um passageiro, que também foi feito refém, foram levados para o Hospital de Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti, da travessa 14 de Março, para atendimento médico, mas sem gravidade.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA