Bebê de um ano é espancada e estuprada pelo padrasto em Parauapebas

Segundo Polícia Civil, mãe sabia dos abusos e também foi presa

Redação Integrada

Uma bebê de apenas um ano e oito meses morreu na terça-feira (8) após ser internada em estado grave em Parauapebas, sudeste paraense. Ela foi estuprada e brutalmente espancada pelo padrasto. Segundo a Polícia Civil, Deyvyd Renato Oliveira Brito seria o autor das agressões, enquanto a mãe, Irislene da Silva Miranda, sabia de tudo e acobertava a violência. Esta segunda-feira (13), a Polícia Civil disse que podem chegar a onze as vítimas de abusos e estupros cometidos por Deyvyd Brito. Para prender suas vítimas, crianças e adolescentes, ele ameaçava matar amigos e parentes das meninas.

LEIA MAIS

- Vítimas do preso por estuprar e matar bebê em Parauapebas podem passar de dez
Bebê estuprada e espancada pelo padrasto em Parauapebas pode ter sido vítima de ritual satânico
- Morre bebê estuprada pelo padrasto em Parauapebas. Mãe da vítima acobertava o marido.

Eles foram presos em flagrante por Estupro de vulnerável com tentativa de homicídio por volta das 16h. Segundo a Polícia do município, vinculada à Superintendência Regional do Sudeste do Pará, a criança está evoluindo para morte encefálica, pois foi espancada pelo padrasto para tentar ocultar o estupro.

Na casa do casal, foram achadas manchas de sangue na calcinha da bebê, em uma fronha e no colchão. Ele também confessou que sabia dos abusos sexuais praticados pelo companheiro contra a criança, que já vinham ocorrendo há um certo tempo. Ambos foram presos em flagrante e seguem detidos.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA