Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pique Novo traz a essência do pagode romântico para Belém

Grupo carioca se apresenta hoje na cidade e lista três canções que não sai do repertório

Bruna Dias

Nesta quarta-feira, 20, o grupo Pique Novo se apresenta na Casa Samba Belém. Com quase 30 anos de história, a banda consegue reunir fãs de diversas faixa etárias, em decorrência do sucesso que ele adquiriu com o passar dos anos. O que mais surpreende é que alguns dos seus clássicos musicais estão presentes nas playlists de jovens e pessoas mais maduras.

Formado por Liomar (vocal), Cesinha (cavaco), Nego Binho e Binho Percussão (percussão), Edson Cigano (pandeiro) e Renato (bateria), o Pique Novo surgiu no subúrbio do Rio de Janeiro. Atualmente, já são dez 10 CDs lançados, três DVDs, sendo esse “Roda de Samba do Pique Novo”. Recentemente, foi lançando o 4º trabalho do grupo, que trouxe de volta o verdadeiro pagode romântico e contagiante, marca principal do grupo.

VEJA MAIS

Grupo Envolvência se apresenta pela primeira vez em Belém
Mineiros são atração no Pagode Secreto, que ainda terá Nosso Tom e Papo Em Off

Alessandra Negrini e Marco Pigossi curtem dia de ‘folga’ na Ilha do Combú, no Pará: 'Paraíso'
Alessandra e Marco Pigossi estão em Belém gravando as cenas da segunda temporada de "Cidade Invisível"

“Para este ano, programamos uma música para este mês de maio a nível nacional e preparar um audiovisual de um projeto novo”, antecipou Liomar.

Para quem já conhece o grupo, é impossível não associar a voz do Liomar com as músicas marcantes do Pique Novo. Por exemplo, tem canções que não saem do repertório. “Há três músicas que não podem ficar de fora dos shows, ‘Ligando os Fatos’ é a principal, ao tem ‘Chega de sofrer’ e ‘Uma estrela’. São três canções nossas nacionais que o Brasil canta com o coração”, analisou o vocalista.

Agora foi lançado o Roda de Samba do Pique Novo - Volume 2, e o grupo começa a viajar o Brasil. O projeto ficou na gaveta por alguns anos, em decorrência da situação global da covid-19.

“Graças a Deus, depois desse período mais conturbado de pandemia, em que o mundo parou, agora estamos tendo a oportunidade de voltar aos shows. Poder falar dessa turnê que tínhamos preparados para lançar, mas veio a pandemia e tivemos que guardar esse projeto por dois anos. Soltamos agora e já tem uma projeção maravilhosa e uma agenda bacana. Na internet temos uma visualização boa, batemos disco de platina, foi uma benção”, agradeceu Liomar.

O Pique Novo já fez show dezenas de shows em Belém, mas a cada apresentação o grupo tem novidades e mudança no repertório, sempre se atualizando, sem perder a essência do pagode romântico e sem deixar de fora, claro, os seus maiores sucessos.

“Belém é um lugar incrível, que sempre tivemos carinho e respeito. Embora não estejamos sempre ai, sentimos no nosso coração, que a nossa relação é como se fosse do dia a dia com o povo de Belém. A ansiedade e expectativa é grande de matar a saudade e falarmos da nossa discografia e canções para todos. E claro, abraçar nosso público”, finalizou Liomar.

Agende-se

Atrações: Pique Novo, Nosso Tom e Bino

Data: hoje, 20

Hora: 21 horas

Local: Casa Samba Belém - Av Tamandaré esq, R. Dr. Assis - Cidade Velha, Belém

Informações: 91 98032-2250

O Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!