Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Tailândia sem energia: comerciante relata dificuldades no gerenciamento de churrascaria

A cidade de Tailândia segue energia elétrica na terça-feira (20), assim como Moju, ambas no nordeste do Pará

O Liberal

A falta de energia elétrica, por conta de um vendaval que derrubou uma torre de transmissão, trouxe impactos negativos para comerciantes de Tailândia, no nordeste do Pará. Os moradores da cidade e de Moju continuam sem energia elétrica na terça-feira (20). Além da interrupção elétrica, pelo menos 100 residências de Moju foram avariadas e escolas públicas do local tiveram aulas suspensas por tempo indeterminado. O acidente foi registrado no domingo (18).

VEJA MAIS

Vendaval que deixou Moju e Tailândia sem energia pode voltar a ocorrer no Pará
Eventos como esse já foram registrados, na semana passada, em Parauapebas e Tucumã

Vendaval derruba torre e deixa moradores de Moju e Tailândia sem energia elétrica
Concessionária busca restabelecer sistema. Segurança fica em alerta nas cidades

Moju sem energia elétrica: loja de acessórios vende carga em celular por R$ 5; entenda
Desde o último domingo (18), cidade está com fornecimento de energia elétrica interrompido após um vendaval atingir a área. Quem tem gerador aproveita para conseguir ganhos extras

De acordo com Manoel Tadeu Pinheiro Junior, 38 anos, que é dono de uma churrascaria de Tailândia há sete anos, prevê que o estabelecimento funcione até terça-feira (20) e seja interrompido na quarta-feira (21). “A partir de amanhã já não trabalha mais porque os freezers já descongelaram tudo. Não tem mais mercadoria. Desde domingo (18) não estou comprando nada para não guardar. A gente não consegue dormir”, disse Manoel. 

Manoel Tadeu, dono restaurante em Tailândia (Igor Mota / O Liberal)

Moradores do Moju seguem sem energia elétrica nesta terça
O fornecimento de energia foi interrompido na tarde do domingo (18), após um vendaval derrubar uma torre de transmissão

Sem energia, Moju tem 100 casas atingidas por vendaval e escolas públicas ficam sem aula
Município decreta emergência pública. Geradores são aguardados na cidade

O comerciante também relembrou que há alguns anos houve uma situação parecida, onde os residentes de Tailândia ficaram três dias sem energia. “Foi em 2017. Ficamos três dias sem energia. Se eu não me engano foi um gerador que estourou lá na Vila do Conde.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ