Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sespa confirma a morte de dois bebês vítimas de covid-19; total chega a 10.619

Os casos confirmados já são 421.966

Eduardo Rocha

O Estado do Pará inicia o mês de abril com 421.966 casos e 10.619 óbitos provocados pela covid-19, de acordo com boletim expedido pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) nesta quinta-feira (1º). "Confirmamos mais 169 novos casos 55 óbitos cadastrados hoje e que ocorreram nos últimos sete dias. Em relação à subnotificação das prefeituras, confirmamos mais 1.425 casos e 61 óbitos ocorridos em dias anteriores. Agora são 421.966 casos e 10.619 óbitos no Pará", repassa o órgão. Entre as subnotificações, destacam-se duas mortes de bebês com menos de um ano, vítimas da covid-19.

Um menino, de Jacundá, que morreu no dia 2 de março deste ano, e uma menina, de Curralinho, que perdeu a batalha para a covid-19 no dia 27 de novembro de 2020, foram as vítimas mais jovens da pandemia.

Do começo da pandemia até agora, recuperaram-se da doença 391.866 pacientes. São 72.428 casos descartados e 712 em análise. A taxa de letalidade do Estado é de 2,52%.

A média de ocupação de leitos estaduais nas regiões paraenses é de 79,30% para 1.367 leitos clínicos e de 85,95% para 719 leitos de UTI.

Ainda de acordo com levantamento do Governo do Estado, a disponIbilidade de leitos estaduais é de: clínicos - de 1.367 ofertados, 283 disponíveis (ocupação de 79.3%); clínicos pediátricos - de 7 ofertados, 3 disponíveis (ocupação de 57.14%); UTI Adulto - de 719 ofertados, 101 disponíveis (ocupação de 85.95%); UTI Pediátrica - de 12 ofertados, 5 disponíveis (ocupação de 58.33%) e UTI Neonatal - de 3 ofertados, 3 disponíveis (ocupação de 0%).

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ