Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pará registra 38% da população em casa para evitar o novo coronavírus

Estado ficou na 17º posição no ranking nacional

Redação Integrada

Com taxa de 38,09% das pessoas em casa para evitar a proliferação do novo coronavírus, o Pará ficou na 17ª posição no ranking nacional de isolamento social na última quinta-feira, 13. A taxa da capital paraense foi de 38,89%, alcançando a 18ª colocação entre as capitais. Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), divulgados nesta sexta-feira, 14.

As cidades com maior registro de desobediência à recomendação de ficar em casa e com baixo índice de isolamento foram São Caetano de Odivelas (21,5%), Curuá (24,6%) e Vitória do Xingu (25%). Já as que alcançaram melhores índices foram Magalhães Barata (57,2%), Bannach (56,5%) e Faro (55,9%).

Na capital e em Ananindeua foram registrados, respectivamente, os índices de 38,89% e 37,52%. Em Belém, incluindo os distritos, os bairros com as maiores taxas de pessoas em casa foram Vila (63%), Tenoné (57,1%) e Val-de-Cães (56,5%). As piores taxas foram nos bairros do Jurunas (17,2%), Terra-Firme (29,1%) e Ariramba (30%).

Em Ananindeua, os melhores índices foram registrados nos bairros de Águas Lindas (51,5%), Cidade Nova III (43,9%) e Cidade Nova V (43,8%). As piores taxas foram observadas em Júlia Seffer (30,2%), Guanabara (30,4%) e Centro (31,3%).

Palavras-chave

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ