Professor Tadeu Oliver, decano da UFPA, assume reitoria

Resolução foi aprovada por unanimidade. Ele fica no cargo até a nomeação do novo reitor.

Dilson Pimentel

O Conselho Universitário (Consun) da Universidade Federal do Pará aprovou, por unanimidade, resolução que designa o decano da instituição para assumir a Reitoria a partir deste domingo (11). O decano é o professor doutor Tadeu Oliver Gonçalves, do Instituto de Educação Matemática e Científica da UFPA (IEMCI). Ele vai exercer a Reitoria até que seja nomeado, pelo presidente da República, um dos docentes integrantes da lista tríplice, aprovada pelo Consun, o que não ocorreu até agora.

A decisão foi tomada durante reunião extraordinária, realizada nesta sexta-feira (9), sobre o processo de nomeação do reitor para o período 2020-2024. A reunião foi virtual e transmitida ao vivo pelo endereço aovivo.nitae.ufpa.br. A resolução será publicada ainda nesta sexta-feira (9). A instituição aguarda a nomeação do reitor para o novo quadriênio. Após diligência apresentada pela Casa Civil, a UFPA apresentou resposta ao Ministério da Educação (MEC) e, desde o dia 29 de setembro, o processo segue no MEC. O vice-reitor, professor Gilmar Pereira da Silva, assumiu o exercício da Reitoria desde o dia 23 de setembro. Seu mandato encerra neste sábado, 10 de outubro, à meia-noite.

Quem presidiu a reunião do Conselho Universitário (Consun) da UFPA foi o professor Gilmar Pereira da Silva, vice-reitor da UFPA, no exercício da reitoria. Ele começou a reunião dizendo que, na vacância do cargo de reitor e vice-reitor, quem assume a Reitoria é o decano da UFPA. A legislação interna que rege essas regras estão no artigo 20, §2º do Estatuto da UFPA, e no artigo 74, §2 do Regimento Geral da UFPA.

Falta de nomeação é uma "situação vexatória", diz conselheiro

 A instituição ainda aguarda a nomeação do reitor para o novo quadriênio. Conforme decisão do Conselho, os conselheiros estão em reunião permanente, podendo ser convocados a qualquer momento para discussão do tema. O reitor em exercício, professor Gilmar Silva informou que, até o momento, não foi publicada portaria de nomeação do novo reitor da universidade.  O Consun debateu essa situação e recorreu ao estatuto e ao regimento da Universidade para discutir a possibilidade de indicar o decano (integrante do conselho superior mais antigo em exercício sem interrupção) para assumir a reitoria da UFPA a partir deste domingo, dia 11 de outubro, caso nenhuma nomeação seja publicada até este sábado, dia 10.

O Conselheiro Edmar Costa disse que a falta de nomeação do reitor é “uma situação vexatória e de ataque à autonomia das universidades”. Ele disse apoiar integralmente a solução inicial de aprovar a resolução que coloca o professor Tadeu Oliver Gonçalves como decano da Universidade, para que ele possa dar continuidade ao processo de nomeação do próximo reitor. A conselheira Jane Beltrão disse que conduzir um decano (ao cargo de reitor) significa “que estamos solicitando ao colega que, com a sua experiência, nos ajude nesse difícil momento, e informando que respeitamos as regras do jogo. Feliz da universidade que tem um decano como o professor Tadeu”. Ainda segundo ela, “quem é eleito precisa respeitar os eleitos”. E acrescentou que “estamos lutando pela democracia”.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PARÁ