Pirarucu da Amazônia aparece na Malásia, a 17 mil quilômetros de seu habitat

Homem que corria pela beira do lago matou o animal; mistério intriga comunidade

Com informações do Extra

Um mistério intriga pescadores, autoridades ambientais malaias e frequentadores de um lago em Sabah (Bornéu, Malásia): como um pirarucu da Amazônia foi parar ali tão longe de casa.

Peixe  (Reprodução / Viral Press)

O peixe de 108 quilos e 2,4 metros foi achado a 17 mil quilômetros da Amazônia, seu habitat natural. Um homem que corria pela margem do lago matou o animal.

De acordo com o Daily Mirror, a teoria mais aceita aponta que o peixe foi criado desde filhote e, por crescer demais, teve que ser solto no lago.

Pirarucu foi morto e arrastado para a beira do lago (Reprodução / Viral Press)

"Esse peixe não é nativo desta região. Então acreditamos que algum criador ou dono que o tratava como pet o soltou no lago", afirmou Muhammad Ali Syed Hussin, do Instituto de Pesquisa Marinha de Bornéu.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!