Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Arqueólogos anunciam ter descoberto durante raio-x a primeira múmia egípcia grávida

Os cientistas seguem tentando descobrir a possível causa de sua morte da mulher, que segundo a radiografia, tinha cabelos longos e encaracolados, que desciam até os ombros

Com informações do portal R7

Uma dupla de cientistas descobriram na última quinta-feira (29), a primeira múmia egípcia grávida, quando tiraram raios-X de seus restos mortais de 2.000 anos, que estão no Museu Nacional de Varsóvia, na Polônia. 

A descoberta inédita ocorreu quando o casal polones, composto pelo egiptólogo Stanislaw e a antropóloga e arqueóloga da Universidade de Varsóvia Marzena Ozarek-Szilke, examinavam as imagens radiográficas da múmia. Eles notaram no útero da falecida uma imagem familiar, um pezinho de um feto. 

"Esta múmia é realmente única. Não encontramos casos semelhantes. Isso significa que 'nossa' múmia é a única encontrada no mundo com um feto", ressaltou a arqueóloga.

Wojciech Ejsmond, da Academia Polonesa de Ciências, que também participa no projeto, afirma que não se sabe o motivo do feto não ter sido retirado do útero durante a mumificação. Mas, na visão de Ozarek-Szilke, a presença da criança no útero pode ter como esclarecimento a intenção de ‘esconder a gravidez ou, talvez, tivesse algum significado ligado a crenças sobre o renascimento na vida após a morte’.

A descoberta foi anunciada na última edição do Journal of Archaeological Science. O artigo destaca que ‘é o primeiro caso conhecido de um corpo embalsamado de gestante (...) Isso abre novas possibilidades para pesquisas sobre gravidez na antiguidade e práticas relacionadas à maternidade’.

Os cientistas seguem tentando descobrir a possível causa de sua morte da mulher, que segundo a radiografia, tinha cabelos longos e encaracolados, que desciam até os ombros. O corpo foi levado para a Polônia no século XIX e faz parte da coleção de antiguidades da Universidade de Varsóvia, e segue exposta no sarcófago.

Palavras-chave

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO