Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Liberal Amazon' estreia plataforma inovadora neste domingo; entenda

Além das reportagens, a plataforma contará com podcast em inglês, vídeos sobre os temas abordados (com legenda em inglês) e artigos de profissionais

O Liberal

O projeto bilingue Liberal Amazon, do Grupo Liberal, inicia na próxima semana, a partir do dia 17, uma nova fase. Será lançado o site próprio, perfil nas principais redes sociais e novos conteúdos que sempre tem enfoque nos desafios, soluções e a realidade amazônica. Além de reportagens mais aprofundadas, com diferentes aspectos sobre a região, os conteúdos terão abordagens em multiplataformas, com textos, áudios, vídeos e fotos, em vários canais.

O impresso O Liberal continuará publicando as principais reportagens, em português e inglês, sempre aos domingos. Com projeto gráfico inovador e belas imagens, o conteúdo contará com a tecnologia de realidade aumentada, já presente nas edições diárias de O Liberal. Através de QR Code, também será possível acessar o site, onde o leitor terá disponível mais materiais, atualizados com maior frequência.

Além das reportagens, a plataforma contará com podcast em inglês, vídeos sobre os temas abordados (com legenda em inglês) e artigos de profissionais que possuem reconhecido conhecimento sobre a região amazônica, em diferentes áreas de atuação e diversos pontos de vista. O site terá ainda uma “exposição virtual”, onde grandes nomes da fotografia que possuem trabalhos sobre a Amazônia disponibilizarão parte do acervo para maior divulgação do seu olhar sobre a região.

O projeto, que foi criado em 2021 e contou com produção jornalística da Redação Integrada do Grupo Liberal, passa a ter equipe própria e dedicada, o que permitirá produção mais aprofundada e exclusiva sobre os temas da região.

O Liberal Amazon possui parceria institucional com a Universidade Federal do Pará (UFPA), formalizada através de termo de cooperação técnica. Além da participação de pesquisadores e professores, recebe tradução feita pela equipe do projeto “ET-Multi: Estudos da Tradução: multifaces e multisemioses”, da universidade.

De acordo com Aline Viana, diretora de mercado do Grupo Liberal, a nova plataforma servirá como um “hub” que vai distribuir informação e conhecimento sobre a Amazônia em diferentes canais, conectando públicos diversos, além de outras novidades que estão sendo trabalhadas, com foco no leitor, na audiência e que tem despertado interesse do mercado. “A estratégia é levar conteúdo da Amazônia para o mundo todo. Sabemos que o termo ‘Amazônia’ é um dos mais procurados em sistemas e sites de busca. A gente entende que essa procura precisa ser alimentada com conteúdo e informações da região por quem faz e vive a Amazônia. E tudo isso pode ser feito através de uma série de plataformas específicas, projetos diferenciados. Vamos então levar conteúdo da Amazônia para o mundo todo, com a qualidade e credibilidade do Grupo Liberal”, destaca.

O projeto também aprofundará a tecnologia, que permitirá que o site do Liberal Amazon possa ser mais facilmente encontrado e consultado quando for acessado por outros países além do Brasil. “Foi feito um trabalho de tecnologia nesse sentido, assim como de conteúdo e visual, com novo layout. Também estamos estreitando relacionamento com grandes corporações de mídia e veículos de imprensa globais, que tem interesse em noticiário da região”, destaca Rafael Silveira, head de estratégia digital do Grupo Liberal.

Jogo Limpo

O tema Amazônia deverá ser bastante abordado durante as eleições presidenciais deste ano. O Grupo Liberal foi a única organização de notícias da Amazônia selecionada para participar do programa “Jogo Limpo”, uma iniciativa do International Center For Journalists (ICFJ), em parceria com o YouTube Brasil. Em todo país, foram apenas seis projetos selecionados entre mais de 160 inscrições.

O projeto selecionado de O Liberal irá monitorar e capturar vídeos com falas dos candidatos à presidência da República em relação à região amazônica. O primeiro passo será checar a veracidade do vídeo, para confirmar que não foi manipulado. Na etapa seguinte, serão acionados institutos de pesquisa nacionais, com credibilidade e relevância no tema abordado, para verificar a informação sobre a Amazônia que tenha sido abordada. Concluídas as fases de monitoramento, captação e apuração, será feita então a produção de conteúdo com a devida contextualização e classificação da informação. “Como o tema eleições e Amazônia terão uma atenção especial do mundo, iremos checar as informações e esse conteúdo também poderá ser agregado ao Liberal Amazon, levando para um alcance global”, destaca o diretor de conteúdo do Grupo Liberal, Daniel Nardin.

A iniciativa de O Liberal terá acompanhamento do Projeto Comprova, liderado pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), que atuará no apoio para treinamento e qualificação da equipe que atuará no período das eleições. O Comprova foi criado em 2018, para investigar, de forma colaborativa, conteúdos sobre as eleições presidenciais daquele ano. Agora, a experiência para apuração e checagem será aplicada sobre os temas amazônicos abordados pelos candidatos em 2022.

Reconhecimentos

Em pouco mais de um ano de implantação, o projeto Liberal Amazon já alcançou milhões de leitores em mais de 70 países, nas versões digital e impressa, com conteúdo em redes sociais, site e plataformas de distribuição, como é o caso do Spotify, com o podcast 100% em inglês sobre a Amazônia. Durante este curto período, as reportagens já conquistaram premiações nacionais e locais. É vencedora do prêmio nacional Valdimir Herzog de Direitos Humanos, um dos mais importantes do país, e foi vitoriosa nas categorias jornal impresso e fotografia (duas das cinco categorias) no Prêmio Hamilton Pinheiro de Jornalismo, promovido pelo Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral).

Palavras-chave

Liberal Amazon Antigo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS