Conheça a história da Atleta do Ano do Troféu Romulo Maiorana 2024

Aos 16 anos, Gabriela Guapindaia surpreende pelo talento e pelas matas traçadas para a trajetória esportiva

Luiz Guilherme Ramos
fonte

Nascida em uma família de atletas, Gabriela Guapindaia acabou optando pelo óbvio, mas não pela pressão, e sim pela paixão mantida em seu sangue. Aos 16 anos, a jovem atleta do tênis de quadra vem colhendo bons frutos de seu empenho. A coroação desse momento veio com o prêmio de Atleta do Ano, dado pelo Troféu Romulo Maiorana de 2024. 

Gabriela foi indicada na categoria Tênis de Quadra e superou seus concorrentes. Ao agradecer, fez uma rápida lembrança do início de sua trajetória. "Não sei o que falar, mas quero agradecer a minha família. Meus pais me ajudaram muito. Eu jogo desde os três anos e hoje estou com 15. Eles são atletas e me influenciaram sempre. Tênis é um esporte mental e difícil. Para chegar aqui foi tudo por causa deles. Agradeço aos patrocinadores, principalmente a AP, que é o clube que me recebeu e sempre apoiou", disse. 

image Gabriela com os dois troféus, um na categoria Tênis de Quadra e outro de Atleta do Ano. (Thiago Gomes / O Liberal)

De fato, Gabriela é um talento nato do esporte, tendo em seu currículo conquistas valiosas, como. Ela foi campeã Nacional Simples CBI Curitiba. Curitiba (PR), na categoria 16 anos; campeã Nacional Simples Açaí Bowl, em Belém, na categoria 16 anos Simples, e campeã Sul-Americana em duplas COSAT em Itajaí (SC), categoria Sub-16. Entre a rotina agitada, ela tirou um tempinho para ser agraciada com a grande honraria do TRM. Após levar os seus dois troféus para casa, ela conversou com a reportagem.

Confira:

Como começou a sua relação com o tênis?

É uma paixão muito antiga. Eu comecei a treinar com 3 anos de idade devido os meus pais serem atletas. Meu pai é jogador de tênis e futebol, fez college nos Estados Unidos. Desde pequena eu o vejo. O esporte sempre esteve na minha vida. Já fiz vôlei, judô, natação, várias coisas, mas eles nunca me forçaram a nada e sempre estive livre para escolher. 

E quando houve a escolha pelo tênis entre tantas opções?

Então chegou uma certa idade em que decidi sair de todos os esportes e ficar apenas no tênis, que eu nunca parei de fazer. Meu sonho sempre foi ser a primeira do mundo, fazer faculdade com a base do tênis. Então é uma influência que nunca parou na minha vida, mesmo com os problemas difíceis, devido isso ser um esporte mental. Eu agradeço muito. 

Em que momento da sua carreira você entendeu que tinha talento e que iria longe no esporte?

Esse momento foi ano passado. Eu comecei a focar muito, perceber as minhas melhoras. Isso foi no fim de 2022. Comecei a ganhar títulos importantes. Fui campeã sul-americana, campeã nacional. Foram resultados absurdos que me deram um estalo para ver a capacidade que eu tenho para o esporte. 

Hoje em dia, com esse crescimento natural, como ficou a sua rotina?

A primeira coisa que eu tive que mudar esse ano foi estudar online. Eu estudo a noite, pois treino de manhã e à tarde. Passo o dia inteiro no clube, começo os treinos às 7h30, paro 11h, volto 13h, termino por volta das 18h, pois faço a parte física todos os dias. É uma rotina louca. Perdi amizades, ganhei amizades. É uma experiência louca viajar a todo momento, conhecer cidades. Muita coisa nova na minha vida. 

Quais os seus objetivos em um curto prazo?

Nessa temporada eu quero ser campeão interclubes, simples e duplas, torneio que vai começar em duas semanas, aqui em Belém. A partir desse ano vou começar a jogar ITF, que é internacional 18 anos. Vou avançar uma categoria, porque ano que vem já serei 18, então quero muito ganhar essas competições.

E no futuro?

Meu planejamento é fazer uma faculdade de 1ª divisão nos Estados Unidos, com bolsa 100% de tênis. E após terminar o College eu vou tentar ser profissional, mas com um plano B. Meu sonho é ser número 1, ganhar um grand slam.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Esportes
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES