Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

ASSISTA: Há 24 anos, Remo vencia o último jogo do tabu de 33 partidas contra o Paysandu

O número 33 virou o "xodó" dos torcedores do Remo e "batizou" até nome de torcida

Redação Integrada

No dia 7 de maio de 1997 ocorreu o último jogo do tabu aplicado pelo Remo diante do seu maior rival Paysandu. O jogo de número 33 ocorreu no Mangueirão e o Remo venceu de virada por 3 a 1, com gols de Agnaldo, Zé Raimundo e Edil “Braddock”.

SEU BONECO RELEMBRA O JOGO

A equipe azulina viveu um momento inusitado neste jogo. O Leão tinha perdido o título da Copa Norte para o Rio Branco-AC e estava sem treinador. Foi então que o time foi comandado pelo zagueiro Belterra e o meio-campista Agnaldo “Seu Boneco”.

ASSISTA AOS GOLS

Essa foi a maior série de jogos já ocorrida no clássico Re-Pa. Ela durou do dia 31 de janeiro de 1993 a 07 de junho de 1997, quando o Paysandu venceu o Remo por 2 a 0, um total de quatro anos e seis meses. Nesse período o Leão conquistou 21 vitórias e ocorreram 12 empates.

O número 33 para os azulinos é especial, ele está presente nas bandeiras, canecas, camisetas, tanto que virou música e serviu de referência para o nome de uma das suas principais torcidas, a Barra Brava Camisa 33, fundada em 2009.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES