Com vitória magra, Remo vence a primeira em casa pelo Parazão

Gol ainda no primeiro tempo garantiu a vitória do Remo

Fábio Will

No reencontro com o torcedor azulino o Remo saiu do Mangueirão com os três pontos, diante do Tapajós, na tarde deste domingo (3). O Leão venceu a equipe do Tapajós, pelo placar de 1 a 0, gol do lateral-direito Geovane e segue líder do grupo A1 do Campeonato Paraense.

Assista aos melhores momentos da vitória do Remo diante do Tapajós

Veja como foi a partida lance a lance

Atacante David Batista não gostou da estreia com a camisa do Remo: "abaixo do esperado"

Hoje no Tapajós, ex-atacante do Remo lamenta derrota: “o Remo achou o gol”

Desempenho do Remo contra o Tapajós não agradou o técnico João Neto

Torcedores do Remo brincam ao utilizar o lado B do Mangueirão e usam máscaras
 

O confronto entre o atual campeão Paraense e o campeão da Segundinha, deu Leão azul. O Remo teve as principais chances de gols durante o primeiro tempo, mas não conseguiu transformar a maioria delas em gol. Os atacantes Henrique Joia Rara e Mário Sérgio tiveram duas oportunidades claras de marcar, mas na hora de concluir faltou pontaria. 

O GOL

A equipe remista estava em cima, pressionando e criando pelos lados, mas foi em um chute de fora da área que o Leão chegou ao gol. Após pegar sobra de um chute, o lateral-direito Geovane acertou um chute forte, sem chances para o goleiro Jáder, do Tapajós, abrindo o marcador aos 33 minutos da primeira etapa. 

CHANCE PRECIOSA

O gol sofrido fez a equipe do Tapajós sair para o ataque em busca do empate. O time santareno teve ótima oportunidade de frente para o goleiro Vinícius, mas na hora de finalizar o atacante do Boto da Amazônia chutou nas mãos do goleiro remista.

SEGUNDO TEMPO COM O TAPAJÓS EM CIMA

A segunda etapa da partida iniciou com o time de Santarém dando as cartas. Com a entrada do ex-atacante remista Sílvio, o Tapajós ganhou em movimentação pelos lados e levou perigo ao gol do goleiro Vinícius. Por duas oportunidades o atacante Mariano, de cabeça, não conseguiu aproveitar em bons cruzamentos na área remista. 

MUDANÇAS NO ATAQUE

O técnico remista mexeu na equipe e botou o Remo para frente. João Neto tirou o atacante Henrique Joia Rara e colocou David Batista e em seguida tirou o Diogo Sodré e entrou Gustavo. Com as mudanças o Remo teve uma postura mais ofensiva, com jogadas pelo lado direito principalmente com Gustavo. Em uma das jogadas pelo canto esquerdo, David Batista teve a chance de ampliar o marcador, mas foi travado na hora do chute. 

TAPAJÓS NA BRONCA

Nos acréscimos da partida a equipe do Boto ficou na bronca com a arbitragem. Em jogada pelo lado esquerdo a bola foi cruzada e pegou na mão do lateral Geovane, do Remo, fora da área, mas o árbitro Gustavo Ramos nada marcou. 

Com a vitória o Remo segue com 100% de aproveitamento no campeonato e lidera o grupo A1 com 6 pontos. A próxima partida do Leão no Campeonato Paraense é no dia 9 de fevereiro (sábado), contra a equipe do Independente de Tucuruí, ainda sem local definido, já que a equipe do Galo Elétrico quer atuar em Belém e a Federação Paraense de Futebol dará um parecer nesta semana.

FICHA TÉCNICA

REMO - Vinícius, Geovane, Mimica, Rafael Jensen e Tiago Félix; Robson, Diogo Sodré (Gustavo), Wallacer e Samuel (Welton); Henrique (David Batista) e Mário Sérgio. Técnico: João Nasser 

TAPAJÓS - Jader, Amaral, Henrique, Kevin e Junior; Paulo Curuá, Fabinho, Léo (Gustavo) e Andrezinho (Vitor Hugo); Renato (Sílvio) e Mariano. Técnico Flávio Barros

Local: Estádio Mangueirão
Cartões amarelos: Róbson e Gustavo (REM); Junior e Gustavo (TAP)
Público: 14.794 (pagantes) 2.766 (sócio-torcedores) 1.665 (credenciados) 
Renda: R$409,820,00
Árbitro: Gustavo Ramos Melo (CBF) 
Assistentes: José Ricardo Guimarães Coimbra (CBF) e Bárbara Roberta Costa Loiola (CBF)
Quarto árbitro: Joelson Silva dos Santos

 

Remo