Com doação de Zeca Pirão, torcedores do Remo criam 'vaquinha' para pagar 'bicho' aos jogadores

Doações são feitas através de PIX e a meta é chegar no valor de R$200 mil até o clássico. Dinheiro será doado ao clube em cm caso de acesso à Série B.

Redação Integrada

Se dentro de campo os jogadores treinam visando o clássico contra o Paysandu, fora dele abnegados, torcedores, conselheiros e ex-presidente fazem uma “Vaquinha” para ajudar o Leão nessa reta final da Série C. O clube pode conquistar o acesso para a Série B já neste domingo (10), caso vença o clássico e o Londrina-PR não vença o Ypiranga-RS. Para ajudar o clube, muitos estão doando para pagar o famoso “bicho” aos atletas, aquele incentivo extra na reta final da competição.

O sonho do torcedor remista de retornar à Série B depois de 13 anos está próximo e para ajudar na concretização deste sonho, uma “vaquinha” online foi criada e circula nas redes sociais. Uma chave PIX foi criada para pagamento eletrônico e várias pessoas decidiram doar valores, que serão doados aos atletas, como premiação em caso de conquista do acesso. Uma das pessoas que doou foi o ex-presidente Zeca Pirão, que confirmou a doação de R$5 mil.

“Eu sempre ajudei o Remo, independente de quem esteja na presidência. Já tive problemas com um dos ex-presidentes, mas mesmo assim nunca deixei de ajudar. O Remo é o mais importante de tudo”, disse em conversa com a equipe de OLiberal.

A meta dos azulinos é chegar no valor de R$200 mil até o clássico RE-PA e o valor ser repassado ao presidente do clube Fábio Bentes.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES