Em áudio vazado, vice-presidente do Paysandu questiona Hélio dos Anjos: 'Virou um herói nacional?'

Ieda Almeida fala sobre clima entre diretoria e treinador nas últimas semanas

Redação Integrada

A saída do técnico Hélio dos Anjos do Paysandu continua rendendo. Agora, foi vazado um áudio da vice-presidente do clube, Ieda Almeida, em que ela questiona Hélio, fala sobre o clima entre comandante e diretoria nas últimas semanas e sobra até para os críticos da demissão do treinador. Inclusive, em contato com a equipe de O Liberal, Ieda confirmou a veracidade do áudio: "Sim, este é meu. É verdade esse. Eu fiz em um grupo".

O ÁUDIO

"Na minha vice-presidência, eu não me envolvo com o futebol, pois não tenho como. Falo o que estou vendo dentro do Paysandu, vínhamos bem no campeonato e aí veio a pandemia. Quando voltamos, o Hélio dos Anjos - influenciado pelo filho dele (Guilherme dos Anjos) -, que gosta do futebol inglês, inventou uma 'linha alta' e por conta disso tivemos derrotas terríveis como a do Paragominas", começa Ieda.

COBRANÇA NÃO CAIU BEM

Desde a retomada da paralisação devido à pandemia da covid-19, o Paysandu entrou em uma onda de irregularidade. Apesar do título paraense, foram sete vitórias, um empate e quatro derrotas em 12 jogos. Antes disso, Hélio sofreu apenas duas derrotas em 32 partidas.

"A linha alta foi decisão dele, ele é o técnico. Todos vocês desse grupo me mandaram mensagem [dizendo] que era um absurdo o que o Hélio dos Anjos estava fazendo. Aí o Ricardo Gluck Paul questionou o Hélio sobre a linha alta, mostrando que não temos condições de jogar dessa forma e ele mudou, mas ele (Hélio) ficou com raiva e até colocou uma mensagem no Twitter, dizendo que o Paysandu precisava ser ousado e o Ricardo pediu para que não fosse tão ousado que estávamos nos ferrando e aí começaram os problemas", explica.

NADA DE INTERFERÊNCIAS

No áudio, Ieda nega que o presidente Ricardo Gluck Paul ou qualquer outro membro da diretoria bicolor tenha interferido no trabalho de Hélio dos Anjos. Inclusive, segundo ela, o técnico nunca falou sobre isso.

"O Hélio em nenhum momento disse que tem intervenção de ninguém no trabalho dele, nuca falou isso. O Hélio começou a fazer umas escalações loucas, o Ricardo foi aturando, estávamos nos lascando na Série C aí o Ricardo, após o jogo contra o Jacuipense, entrou no vestiário e detonou, reclamou, criticou e mostrou tudo aquilo que vocês (do grupo) falavam, pois tudo que vocês criticam eu passo para ele. O Hélio ficou revoltado por ser cobrado, ele é um senhor. Ele ficou revoltado e tinha sido campeão no domingo. No sábado o Hélio mudou o modelo de jogo e as escalações e deu certo. Após o jogo ele deu uma entrevista que ficou revoltado pois foi cobrado demais", revela.

NICOLAS

Por fim, Ieda também aponta que Hélio dos Anjos também teve problemas com o departamento médico, por conta do atacante Nicolas: "Questionou o departamento médico por conta do Nicolas, todos viram que o Nicolas estava cansado, mas não tinha condições de jogar. Depois da derrota contra o Jacuipense recebi um monte de mensagens criticando o Hélio dos Anjos e agora ele virou um herói nacional? Não dá para entender. Ele queria uma desculpa oficial, pois ele foi cobrado e o Ricardo não vai fazer isso já que ele cobrou no momento certo. Vocês têm memória curta, gente, pelo amor de Deus, acordem. Ele não tem intervenção nenhuma, quem joga ele é quem decide", finaliza no áudio.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES