Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Atacante do Paysandu sobre o gol de empate no clássico contra o Remo no Baenão: 'Não tem explicação'

Robinho informou que staff do Paysandu informou que o goleiro Vinícius, do Remo, tinha dificuldade em bolas rápidas de cruzamento

Fabio Will

Autor do gol de empate contra o Remo, no clássico Re-Pa do último domingo no Baenão, pela Série C, o atacante Robinho foi o escolhido para conversar com a imprensa nesta terça-feira (5), na reapresentação do elenco bicolor, já visando o confronto diante do Confiança-SE, no próximo sábado (9), na Curuzu. Mas confronto diante do maior rival ainda rende no estádio bicolor.

• Whatsapp: saiba tudo sobre o Paysandu. Recêêêba!

Robinho relembrou o lance e afirmou que era uma jogada já treinada e debatida com a comissão técnica. O atacante bicolor falou que o goleiro do Remo possui dificuldade em bolas rápidas e que as informações foram repassadas pelo staff alviceleste.

Assista aos melhores momentos de Remo 2 x 2 Paysandu:

“Já tinha conversado no intervalo com o professor Marcio Fernandes, que pediu para que chegasse com essa bola rápida para o Toscano na segunda trave. Fico feliz em ter feito o gol, foi Deus que me glorificou naquele momento, só tenho a agradecer mesmo, pois é um gol que não tem explicação. Recebemos informações durante a semana que ele (Vinícius) tinha dificuldade nessa bola rápida, principalmente quando é cruzada. Fui feliz por ele ter falhado ali consegui ter feito o gol. Isso foi bastante interessante, pois já tínhamos conversado e realizamos durante o jogo”, disse, Robinho.

O resultado de 2 a 2 no clássico agradou os atletas bicolores. O atacante citou os erros de arbitragem como um fator determinante na partida, mas agradeceu o empenho dos jogadores em campo, que tiveram o poder de reagir na partida.

Robinho empatou o clássico para o Paysandu (John Wesley/Paysandu)

“Recebemos (o placar de empate) como um bom resultado. Estamos na parte de cima da tabela, na dificuldade do jogo, buscamos o placar duas vezes, mesmo com o erro do árbitro, que não foi pênalti, mas ele está lá para apitar e infelizmente marcou, isso faz parte e fomos guerreiros, não desanimou e estamos brigando entre os primeiros então esse ponto foi muito importante, principalmente fora de casa”, comentou.

De olho

O atacante Robinho já projeta o confronto diante do Confiança-SE a credita em uma Curuzu lotada, com o apoio do torcedor, em busca de mais uma vitória em casa.

“É focar no sábado para que possamos ganhar do Confiança-SE, independente das dificuldades, temos que estar focados. Acreditamos que o nosso torcedor vai lotar (o estádio), vai nos incentivar e levar esses três pontos que é muito importante”, finalizou.

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES