Brasileiro deixa pedido de demissão do UFC para traz e projeta estreia em nova categoria neste sábado (16)

Ex-peso-leve, Edson Barboza desce para os penas e enfrenta Dan Ige pelo card do UFC Fight Night 172, que acontece neste sábado (16), em Jacksonville, na Flórida, Estados Unidos

TATAME

Por Diogo SantarémAos 34 anos, Edson Barboza vai começar uma nova fase da sua carreira neste sábado (16), quando entra em ação pelo UFC Fight Night 172, em Jacksonville, na Flórida (EUA). Após anos atuando no peso leve, o brasileiro optou por descer para a divisão dos penas em busca de um recomeço, e em sua primeira luta, terá o americano Dan Ige pela frente.

- A expectativa é a melhor possível. Sem duvidas, estou pronto para voltar. Na verdade, estou pronto há muito tempo. Tive um período legal para me preparar, tanto na parte física, como na psicológica, e mal posso esperar para entrar em ação - contou Edson em entrevista à TATAME por telefone.

Sem lutar desde setembro do ano passado, quando foi superado por Paul Felder, o brasileiro citou o longo período ausente como justificativa para o seu pedido de demissão do UFC, é claro, negado pela organização.

- Com certeza (os meses sem lutar me motivaram a pedir demissão), eu queria lutar. Eu não estava precisando de dinheiro, está tudo bem, mas eu queria lutar, é o que eu amo fazer, mais do que qualquer coisa, e estava demorando muito. Eu pedi para lutar em dezembro, mas por algum motivo não estava rolando, e eu já estava pronto. Mas enfim, acho que as coisas acontecem na hora certa - comentou o agora peso-pena, que falou sobre a sua preparação em meio à pandemia do novo coronavírus.

- Eu treino na melhor equipe do mundo, que é a ATT (American Top Team), e sem dúvida nesse momento complicado eles mostraram o porquê disso. Montaram uma estrutura para todas as pessoas com lutas marcadas treinarem, sempre com todos os cuidados necessários, limpeza o tempo inteiro, numero reduzido de pessoas... O camp foi quase normal, só diminuiu o número de pessoas que ficam na academia.

Com apenas uma vitória nas suas últimas cinco lutas, o brasileiro desce de categoria atrás de um recomeço em sua trajetória no MMA. E ele sabe que este recomeço passa pela volta do "velho Edson", forte na trocação e com nocautes memoráveis no Ultimate. - O público vai ver o Edson que está acostumado, que sobe lá e machuca o seu adversário todo momento, que vai atrás do nocaute.

Edson Barboza ainda comentou sobre a importância de trabalhar o lado mental durante o momento complicado de pandemia por conta do novo coronavírus. De acordo com ele, a parte física, com o corte de peso, foi tranquila, mas o psicológico, com tantas notícias ruins, exigiu mais trabalho por parte dele.

- O corte de peso foi tranquilo porque eu nunca fiz dieta na minha vida, sempre comi de tudo o tempo inteiro, nunca me preocupei com isso. Minha dieta era ao contrário, forçava para me manter mais pesado (risos), então foi fácil. Sobre o lado psicológico, sem dúvida a gente fica preocupado com tudo que está acontecendo. Você liga a TV e toda hora é notícia ruim, não é legal, qualquer vida tem muito valor, então é uma coisa que me machuca, muito por conta da negligência dos políticos. É um momento difícil, mas vai passar - encerrou.

CARD COMPLETO:

UFC Fight Night 172Jacksonville, na Flórida (EUA)Sábado, 16 de maio de 2020

Card principalPeso-pesado: Alistair Overeem x Walt HarrisPeso-palha: Cláudia Gadelha x Angela HillPeso-pena: Dan Ige x Edson BarbozaPeso-médio: Eryk Anders x Krzysztof JotkoPeso-pena: Song Yadong x Marlon Vera

Card preliminarPeso-meio-médio: Matt Brown x Miguel BaezaPeso-médio: Anthony Hernandez x Kevin HollandPeso-pena: Giga Chikadze x Irwin RiveraPeso-pena: Darren Elkins x Nate LandwehrPeso-mosca: Cortney Casey x Mara Romero BorellaPeso-pesado: Rodrigo Zé Colmeia x Don’Tale Mayes

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES