Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Gravações mostram que Del Nero, mesmo banido pela Fifa, seguia influindo nas decisões da CBF

Áudios de julho de 2018 obtidos pela ESPN expõem que decisões de Rogério Caboclo passaram por aval do ex-mandatário da entidade. Aval para Tite passou por Del Nero

LANCE!

Semanas após surgirem rumores de uma crise interna na CBF capaz de derrubar Rogério Caboclo da presidência, a ESPN divulgou nesta sexta-feira áudios que evidenciam a forte influência do ex-presidente Marco Polo Del Nero no comando da entidade. Del Nero, mesmo banido do futebol e, por isto, não podendo ter contato com a bola, é responsável por dar a última palavra em muitas das decisões em torno do cenário futebolístico brasileiro.

Nos últimos três anos, Del Nero debateu e alinhou a indicação de funcionários para cargos menores, conversas da rotina da CBF e até contratos milionários feitos pela entidade.

Informado sobre os áudios, Caboclo afirmou à ESPN que estava surpreso e frisou que jamais autorizou captações no prédio.

- Nunca, jamais, em tempo algum, fosse aqui na CBF ou fora, eu gravei algum tipo de conversa. E não sabia que estavam gravando - disse.

O mandatário preferiu não se pronunciar sobre o conteúdo dos áudios.

Em duas gravações, o então diretor de seleções, Edu Gaspar, e Rogério Caboclo deixam evidente a subserviência a Del Nero. Uma delas é de 19 de julho de 2018, na qual o coordenador de Seleções na época, Edu Gaspar, aborda o fato do técnico Tite seguir na Seleção Brasileira. A ideia de Marco Polo era a manutenção do comandante, mas Rogério Caboclo indicava que era necessária uma mudança na comissão técnica.

Edu Gaspar, ao tentar demover Caboclo da ideia, detalhou.

- Falei para você e para o Marco Polo de darmos esse passo para trás para poder manter a nossa estrutura de trabalho - disse.

Outro sinal da influência é a conduta do mandatário que seria empossado na CBF no ano seguinte.

- Eu não tomo decisões sozinho. Tem o (Coronel) Nunes aqui (então presidente em exercício), tem o Marco Polo - afirmou Rogério Caboclo.

Edu Gaspar também detalhou que conversou com Del Nero sobre a possibilidade de Sylvinho passar a ser o auxiliar mais próximo de Tite, no lugar de Cléber Xavier. Após dizer que não toma as decisões sozinho, Rogério Caboclo fala sobre a expectativa de Del Nero em relação à punição imposta pela Fifa ser revertida.

- Marco está até com uma expectativa boa do julgamento que ele vai ter no tribunal - e, em seguida, indicou:

- Se isso for uma fórmula que funcione, eu vou conversar com o Marco agora à tarde para a gente bater o martelo. E explicar ‘se for isso, funciona’” - completou.

O vazamento das conversas aumentou a irritação de Rogério Caboclo, que chegou a convocar uma reunião de emergência e proibir a entrada de celulares no prédio. Procurado pela ESPN, Edu Gaspar não retornou as ligações. A Fifa afirmou que está "monitorando a situação".

Palavras-chave

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES