Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Com negativa de Juninho Pernambucano, Vasco chega a um mês sem diretor de futebol

Ídolo do Cruz-Maltino segue na França, apesar de estar deixando o Lyon. Alexandre Barros, Eduardo Freeland e Alexandre Mattos foram outros profissionais sondados para o cargo v

LANCE!

No último dia 11 de novembro, a reformulação do Vasco começou com as saídas de Fernando Diniz e Alexandre Pássaro. O técnico foi substituído por Zé Ricardo, mas o cargo de diretor executivo de futebol faz um mês vago neste sábado. Quem mais recentemente disse "não" foi o ídolo Juninho.

O ex-meia, que está de saída do Lyon, alega não poder deixar a França no momento. O "Atenção, Vascaínos" publicou originalmente. Mas o Reizinho não foi o alvo prioritário para a função batizada, ainda na campanha, de CEO.

Enquanto o posto principal do departamento de futebol segue vago, o Vasco acertou com Carlos Brazil. Gerente de base que foi do Cruz-Maltino e estava no Corinthians, voltou a São Januário para ser gerente geral na categoria principal.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES