Em dia de votação, bairros de Belém amanhecem sem energia elétrica

Pelo Tribunal, foi confirmada a falta de energia em uma escola em Val-de-Cans

Daleth Oliveira e Emanuele Corrêa

Em Belém, o domingo (2) de eleições começou com alguns bairros sem energia elétrica, devido a forte chuva do final da tarde de ontem (1). O problema não foi solucionado a tempo do início da votação nos bairros do Guamá, Cremação e Val-de-Cans. O Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) informou por meio de nota que todo o Estado está sendo monitorado junto à Concessionária Equatorial, quanto à interrupção do fornecimento de energia durante o primeiro turno.

Pelo Tribunal, foi confirmada a falta de energia em uma escola em Val-de-Cans, que está sendo resolvido. “Sobre a Cremação, houve falta de energia por conta de um cabo rompido, mas já foi restabelecida. No Guamá, a falta de energia foi apenas na escola Ruth Rosita e também já foi restabelecida”, informou.

Ainda de acordo com o TRE, a empresa apresentou um plano operacional e possui hoje durante todo o dia um representante junto ao Tribunal para monitorar todas as situações que possam ocorrer em todo o estado.

“Esse representante, juntamente com fiscais do TRE, possui um grupo compartilhado com pessoas responsáveis por várias áreas em todo o estado onde são abertos chamados e encaminhados prioritariamente as soluções, estrategicamente elaboradas para se obter um atendimento mais rápido possível e manter, na medida do possível, o transcurso normal da votação”, diz a nota.

O TRE enfatiza que caso falte energia nos locais de votação, as urnas eletrônicas 2020 possuem bateria interna com 12h de autonomia, o que permite que a votação continue enquanto a equipe técnica soluciona a interrupção com a máxima priorização.

De acordo com a Equatorial Pará, equipes estão trabalhando para normalizar o fornecimento de energia elétrica em trechos do bairro da Cremação. Que, segundo a empresa, foi afetado após uma árvore cair sobre a rede elétrica, rompendo um cabo. Ainda de acordo com a Equatorial, não há escolas eleitorais nos trechos impactados.

A escola Ruy Paranatinga Barata, no bairro de Val-de-Cans também teve o fornecimento de energia reestabelecido, informou a Equatorial que disse ainda que a interrupção foi ocasionada por um defeito interno.

A previsão é que o serviço seja normalizado até às 09h30. A distribuidora reforça que as faltas de energia devem ser registradas nos canais oficiais de atendimento que estão disponíveis 24h, por meio do 0800 091 0196, pelo site equatorialenergia.com.br, pelo aplicativo Equatorial Energia ou pela Clara no WhatsApp (91) 3217-8200.

Eleições
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS EM ELEIÇÕES

MAIS LIDAS EM ELEIÇÕES

1

Eleições 2022

Em coletiva, PL detalha representação ao TSE sobre urnas eletrônicas; vídeo

Representação foi apresentada ao Tribunal Superior Eleitoral e cita modelos específicos de urnas

2

eleições

Moraes convoca reunião com comandantes das PMs; Mourão critica encontro

Reunião será nesta quarta-feira, em Brasília

3

Eleições 2022

Lideranças repercutem decisão do presidente Bolsonaro (PL) de pedir anulação de votos

João Amoedo; presidente do PT, Gleisi Hoffmann; e Rodrigo Pacheco consideram a atitude irresponsável, mas Bia Kicis e Mário Frias a defendem

4

ELEIÇÕES 2022

Alexandre de Moraes rejeita ação do PL sobre urnas e multa coligação em mais de R$ 22 milhões

O ministro do TSE aontou litigância de má-fé por parte dos partidos e pediu a apuração do caso à corregedoria eleitoral