Trabalhadores domésticos podem fazer saque emergencial do FGTS

País tem cerca de 6,2 milhões de pessoas trabalhando no setor, mas apenas 4,2 mi possuem carteira assinada

Redação Integrada com informações do Extra

Os trabalhadores domésticos com carteira assinada também estão entre os que poderão realizar o saque emergencial de R$ 500, por conta vinculada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A contribuição se tornou obrigatória no emprego doméstico desde outubro de 2015, quando entrou em vigor a Lei da Doméstica, que ampliou os direitos trabalhistas da categoria.

De acordo com dados do IBGE, o país tem hoje cerca de 6,24 milhões de pessoas trabalhando no setor doméstico, mas a maioria — cerca de 4,2 milhões — não têm carteira assinada e estão na informalidade. Outros 1,8 milhão de trabalhadores foram registrados, somente em 2018, e podem ter recursos a receber nas novas condições de saque do FGTS, autorizadas pelo governo. Além deles, qualquer pessoa que teve registro em carteira nos últimos anos pode ter saldo e rendimentos do Fundo esperando para serem sacados.

O saque começa no dia 13 de setembro. Para consultar o saldo do FGTS, o trabalhador pode acessar o site da Caixa.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!