Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Termina nesta quarta-feira, 27, prazo para mototaxistas se regularizarem

Mais de 1.500 profissionais estão cadastrados na Secretaria

O Liberal

A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Semutran) está realizando o recadastramento dos mototaxistas do município de Ananindeua para de regularizar e garantir os direitos dos trabalhadores na área e também a segurança dos usuários. O Recadastramento iniciou no último dia 15 e segue até esta quarta-feira, 27, na sede da Semutran.

"O recadastramento dos Mototaxistas é de fundamental importância para todos, tanto para o usuário que terá a garantia de que aquele mototaxista está legalmente autorizado, dando segurança para qualquer reclamação pois será logo identificado, quanto para os próprios mototaxistas, que estarão trabalhando regularmente", comento o Diretor de Transporte da Semutran, Gilberto Barbosa.

Mais de 1.500 mototaxistas estão cadastrados na Secretaria. Até o momento, apenas 300 compareceram para efetuar o recadastramento. Aqueles que não compareceram nesta segunda chamada, terão que apresentar justificativa para poderem continuar operando, e os que não procurarem a Secretaria, terão seus registros suspensos e se tornarão irregulares. 

Anualmente, o mototaxista precisa ir até a sede da Semutran para que sejam avaliadas as condições de seu veículo, e posteriormente  encaminhado ao Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) para  a realização do licenciamento anual. 

Serviço

Recadastramento de Mototaxistas 

Dia 27/10 - das 8h às 13h
Local: Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Semutran)
Travessa We 31, 322 - Cidade Nova V. Bairro: Coqueiro

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA