Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Nozes lideram com alta de 67,73% entre frutas natalinas em Belém

Terceira semana de dezembro teve alta de vários produtos, como uva, maçã e passas

Redação Integrada

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese-PA) divulgou estudo, nesta quinta-feira (19) sobre preços de produtos que fazem parte da ceia de Natal e do Ano-Novo, levando em conta o levantamento de 16 a 19 de dezembro em supermercados da capital.

Segundo o estudo, no caso das frutas, as maiores altas, na terceira semana de dezembro em relação ao mesmo período do ano passado, afetaram:

Nozes com casca (quilo) - alta de 67,73%

Passas escuras sem semente (quilo) - alta de 28,71%

Uva Red Clobe (pacote 500g) – alta  e 25,66%

Ameixa seca sem caroço (quilo) – alta de 23,39%

Goiaba branca (quilo) – alta de 23,31%

Melão amarelo (quilo) – alta de 19,30%

Maçã nacional (quilo) – alta de 12,91%

Frutas cristalizadas (quilo) – alta de 8,40%

Maçã verde importada (quilo) – alta de 5,96%

Ameixa fresca importada (quilo) – alta de 5,38%

Castanha portuguesa (quilo) – alta  de 5,13%

Pera Willians (quilo) – alta  de 2,60%

 

Em relação aos últimos 12 meses, poucos produtos tiveram queda de preço, como é caso da pera portuguesa, com recuo 6,70%, e do pêssego fresco, com queda de 4,37%.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA