Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Damares sobre ‘ativismo exagerado’ de ONGs em áreas indígenas: ‘índio não precisa de intermediário'

Para ela, algumas instituições usaram esses povos para projeto de poder e ganhar dinheiro

O Liberal

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves, em entrevista ao jornal O Liberal, falou sobre a relação do Governo Federal com organizações não governamentais que atuam na Amazônia (ONGs) e a decisão do Supremo Tribunal Federal de proibir missões reigiosas em terras indígenas isoladas. "A decisão do STF não li toda, mas acho que é apenas em áreas isoladas. É uma pena achar que Evangelho é veneno para os índios, que as instituições religiosas estão ali para catequizar índios. As instituições religiosas tem um trabalho humanitário", ressalta Damares, que também é pastora.

Por outro lado, a ministra entende que algumas instituições usaram o índio para projeto de poder e ganhar dinheiro. "No Brasil, nós temos muitas ONGs que falam em nome dos índios e que na verdade não estão preocupados com os índios".

Segundo ela, a Fundação Nacional do Índio (Funai) está atuando 'nessa questão de ativismos exagerado' de algumas ONGs em áreas indígenas. "O índio não precisa de intermediário para falar com o estado brasileiro. Nós temos a Funai, temos a Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), temos o Ministério dos Direitos Humanos, tem a Secretaria Nacional da Igualdade Racial, não precisamos de intermediário. Então, a gnete está tendo uma nova visão da política indígena no brasil e estamos dizendo para o índio: ‘você é detentor de direitos, como qualquer cidadão brasileiro, direitos de ir e vir, direito de produzir, direito de escolher sua fé, direito de educar o seu filho, direito de ser feliz'. O presidente Bolsonaro e o governo Bolsonaro vê o índio como cidadão brasileiros", completou Damares.

Economia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM ECONOMIA

MAIS LIDAS EM ECONOMIA