Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Festival Se Rasgum anuncia 10 finalistas

Entre os selecionados estão seis paraenses: Jeff Moraes, Raidol, Drin Esc, Iris da Selva, Móbile Lunar e Klitores Kaos.

Enize Vidigal O Liberal

O Festival Se Rasgum anunciou os 10 finalistas da seletiva de artistas da Amazônia Legal. Eles receberão mentorias, gravação de singles e pitching. Entre os dez finalistas, estão seis do Pará: Jeff Moraes, Raidol, Drin Esc, Iris da Selva, Móbile Lunar e Klitores Kaos. Na próxima fase, três atrações terão os shows selecionados para o Festival Se Rasgum 2022.

A seletiva recebeu mais de 200 inscrições. “Estou emocionado. É um dos maiores festivais do norte do Brasil, com 15 anos de história. É uma honra estar representando o nosso estado”, celebra o cantor e compositor Raidol, que está animado com a conexão que fará com os finalistas de outros estados. Ele desenvolve um novo pop paraense que reúne os timbres da música paraense e dos terreiros de umbanda às guitarras suingadas e beat envolvente. “Todos os artistas q passaram na seletiva são muito merecedores e talentosos”.

“Vamos passar por uma mentoria com técnicos do mercado nacional da música e gravar um single como resultado desse trabalho”, explica o cantor e compositor Jeff. Em 10 anos de trajetória, ele revela a ancestralidade, o regionalismo e a cultura pop e LGBTQI+ na música. “Estou prestes a lançar meu primeiro álbum autoral. Vai ser muito importante estar em um festival que tem como intuito lançar a música do Norte para o país”, avalia Jeff. Ele comemora a seleção de vários artistas negros: “Que bom que o se Rasgum começou a olhar com carinho para a música dos artistas pretos. Precisamos ocupar mais espaços”.

Drin Esc surgiu no bairro da Marambaia. O trabalho dele passeia pelo rap, R&B, trap e a música alternativa, com o sucesso “Tríplice Coroa”, de 2019, e o álbum “Caos, Lapsos e Poesia”. Iris da Selva é uma artista trans não-binário, de Belém, que mistura MPB com elementos do carimbó, enaltecendo a força das encantarias das águas na poética musical.

Klitores Kaos é uma banda de um hardcore e punk agressivo, com pegadas de crust, formada mulheres, em 2015, em Belém, com canções de temas feministas e antifacistas. Atualmente, é formada por Nia Lima (guitarra e backing vocal), Line Menezes (contrabaixo) e Lucelina Rodrigues (vocal).

Enquanto a banda Móbile Lunar, que se apresentou no Se Rasgum de 2019, passou por uma fase de música autoral com a participação de outros artistas no evento "Janela Lunar", lançou o primeiro longa-metragem, ficou entre as 50 bandas selecionadas para o Festival Lollapalooza, acabou de lançar o álbum “Feroz”.

Os outros artistas selecionados foram Karen Francis, do Amazonas; MC Super Shock, do Amapá; Núbia, do Maranhão, e Soprü, do Tocantins.

A partir da semana que vem, os selecionados participarão de encontros virtuais para mentorias, trocas de experiência, produção cultural e preparação para o pitching (desenvolvimento das carreiras), incluindo temas como direitos autorais, formação de público e circulação, sob o acompanhamento da curadoria do festival e do produtor gaúcho Iuri Freiberger. 

Os artistas terão que produzir um single cada, que formarão uma playlist a ser divulgada em dezembro na Deezer e nos canais do festival. A partir daí, 15 compradores do mercado irão selecionar três bandas que irão fazer parte do line up da próxima edição presencial do Se Rasgum.

As Seletivas Se Rasgum têm patrocínio master da Oi e apoio cultural do Oi Futuro através da lei Semear de incentivo à cultura via Governo do Estado do Pará e Fundação Cultural do Pará, além do player Oficial Deezer. O projeto também foi selecionado pelo Edital de Multilinguagens, da Lei Aldir Blanc Pará. 

Música
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MÚSICA

MAIS LIDAS EM CULTURA