Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Uma quarta vítima acusa Felipe Prior de estupro, desta vez ocorrido em 2015, diz revista

O ex-participante do BBB já vem sendo acusado de estupro e tentativa de estupro por outras vítimas

Redação Integrada com informações de Marie Claire

Acusado de estupro e tentativa de estupro por três mulheres, o arquiteto e ex-participante do "Big Brother Brasil 20" Felipe Prior, agora foi acusado por uma nova vítima. A informação foi reportada pelo site da revista Marie Claire nesta quinta-feira (16), e diz que uma nova possível vítima procurou as advogadas que representam as três mulheres que fizeram as denúncias anteriormente.

Leia também:

- Após abertura de inquérito, defesa de Prior segue negando acusações

- Defesa de vítimas informa que surgiram novas acusações contra Felipe Prior

Segundo o site, as advogadas Maira Pinheiro e Almeida Valente foram procuradas por uma nova vítima, para denunciar um caso de estupro que teria ocorrido em 2015.

"A vítima encontrou o contato de nosso escritório na internet, depois de ler a primeira reportagem publicada por Marie Claire. As amigas dela incentivaram que nos procurasse e falasse conosco sobre a violência", contou Juliana à publicação.

As advogadas também revelaram que o depoimento da quarta mulher já foi colhido por elas, e deve ser incluído ao inquérito que está sendo investigado pela Delegacia da Defesa da Mulher, de São Paulo. Juliana explicou ainda que caberá ao Ministério Público decidir se o caso da quarta mulher correrá em paralelo ou será adicionado ao processo já existente.

A revista também procurou a Polícia Civil, que confirmou a existência da quarta denúncia conta o arquiteto. "Até o momento, quatro vítimas acionaram às autoridades. Todas as partes envolvidas, assim como testemunhas, serão ouvidas ao longo da investigação", disse a polícia e nota.

Ainda segundo a Marie Claire, no início desta semana, um pedido de habeas corpus preventivo foi negado em favor de Felipe Prior pela Justiça. Os advogados do ex-BBB pediram o trancamento do inquérito policial, alegando que as acusações noticiadas recentemente pela imprensa não seriam mais passíveis de investigação.

Palavras-chave

BBB
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA