Versos do Futebol

Por Carlos Fellip

O ritmo e as rimas do mundo poético que mora o futebol. Coluna assinada por Carlos Fellip, editor Executivo de O Liberal e jornalista formado há 10 anos, com experiência no jornalismo esportivo e de atualidades. Ganhou prêmio de Jornalismo do MPT e cobriu Seleção Brasileira em Belém.

O juiz condenado

Carlos Fellip

Na euforia do pré-jogo
Ele surge no gramado
É apontado por todos
O primeiro condenado

Na arena da emoção
És proibido de sentir
Sinônimo de razão
Antes, durante e ao sair

Comandante das estrelas
Quem dá a palavra final
Atuações sempre perfeitas
Porque errar não é normal

Julga, pune e até condena
Talvez por isso é tão visado
Não merecedor de ‘pena’
O famigerado árbitro

Mas é somente profissão
Que nasceu de uma escolha
Quem mais vive com a pressão
Cargo para poucas pessoas

São humanos, não máquinas
Os seres com cartões no peito
Também podem cometer falhas
Também são dignos de respeito

Versos do Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM VERSOS DO FUTEBOL