CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Círio Musical movimenta capital paraense durante festa da Virgem de Nazaré; confira a programação

Durante 14 dias, a Concha Acústica do Centro Arquitetônico de Nazaré apresenta atrações musicais e uma vasta programação alusiva ao Círio de Nazaré

Luiz Guilherme Ramos

A expressão da arte traduzida em música encontra a devoção e a fé para criar a magia que encobre de amor o Círio de Nazaré. Este ano, após intervalo de duas edições, o Círio Musical retorna à Praça Santuário para 14 dias de muito som e louvor, alimentando a alma de milhares de pessoas que vão diariamente ao Centro Arquitetônico de Nazaré (CAN) contemplar a padroeira dos paraenses. 

Do dia 9 ao dia 22 de outubro, várias atrações musicais movimentam a quadra nazarena na capital, que há 230 anos se abre ao mundo para celebrar a mãe de todos os paraenses. Este ano, após um intervalo de dois anos por causa da pandemia da covid-19, os admiradores da programação musical puderam retornar ao palco que dá a trilha sonora ao Círio de Nazaré.

A dona de casa Joana da Luz (61) levou a família para assistir a procissão e a missa celebrada durante a chegada à Basílica de Nazaré, e aproveitou para assistir às apresentações musicais da Concha Acústica, que neste domingo teve a apresentação do Padre. Antônio Maria, autor da canção que se tornou um dos hinos do Círio de Nazaré, “Nossa Senhora da Berlinda”. Joana cantou junto e não escondeu a emoção. 

SAIBA MAIS

Diretoria da Festa de Nazaré divulga programação do Círio Musical de 2022
Os shows vão ocorrer na Concha Acústica da Praça Santuário de 9 a 22 de outubro


Círio 2022: confira a programação do Círio Musical deste ano
A programação retorna de forma presencial com shows na Concha Acústica, da Praça Santuário, durante a quadra nazarena, de 9 a 22 de outubro


Começam os preparativos para o Círio Musical 2022
Após 2 anos, o evento da programação do Círio de Nazaré voltará à Concha Acústica.


 

"Eu gosto muito da programação que é feita aqui e como também sou fã do padre Antônio Maria, fiz questão de vir hoje para acompanhar o final da missa e o show dele. Depois de dois anos sem programação, o povo ganha de novo esse presente da Virgem Maria", garante a dona de casa. 

O Círio Musical deste ano reúne até o dia 22 de outubro dezenas de atrações entre bandas consagradas no cenário musical católico, como Anjos de Resgate e Rosa de Saron. A programação musical da Concha Acústica começa a partir das 20 horas. Com tantas atrações, milhares de pessoas se deslocam com suas famílias para conferir a festa. 

Para o coordenador do Círio 2022, o retorno da programação musical atrelada aos eventos do Círio de Nazaré foi bastante festejada pela organização, que espera o sucesso absoluto nos 14 dias de evento. "O principal é o retorno. Dois anos sem Círio na sua forma plena e dois anos sem shows musicais, porque temos muitos shows aqui que aglomeram muitas pessoas, devido a gratuidade da festa. Das 14 noites de shows, a maioria é de fora e tivemos um alto custo, bem como as cinco atrações locais. No entanto, todas vão se apresentar e temos certeza que a festa será muito bonita, em homenagem à padroeira dos paraenses", define Antônio Salame. 

A primeira edição do Círio Musical ocorreu no ano de 2004 e trouxe atrações que se apresentaram por três dias, com a presença de três artistas católicos nacionais. Dois anos depois, o evento cresce e passa a acontecer durante toda a quadra nazarena, com a presença de milhares de pessoas. Este ano, a primeira noite de atração trouxe nada menos que um ícone da música católica, o padre Antônio Maria, que também não esconde a relação de amor com Nossa Senhora de Nazaré.

"É um presente de Deus estar de volta a Belém, porque estar no Círio é mergulhar no mar de Maria e encontrar Jesus nele. O Círio Musical ter voltado e eu ter a honra de abrir, é outro presente de Deus. Santo Agostinho dizia que cantar era próprio dos homens que amam. Como nós amamos Maria, Jesus, que bom que inventaram este Círio musical, para que a gente cante o amor a eles", destaca. 

Padre Antônio Maria (Cristino Martins / O Liberal)

A apresentação do religioso foi muito aguardada. Por volta das 20h30 o padre subiu ao palco e brindou os presentes com a "Emoções", de Roberto Carlos, depois seguiu com uma 'versão católica' de "Festa", da cantora Ivete Sangalo. O ponto alto da apresentação foi a canção "Nossa Senhora da Berlinda", composta por ele em homenagem ao Círio. 

"Há muitos anos eu vim ao Pará pela primeira vez. Me falaram tão bem do Círio, que eu fiz uma música em homenagem, sem ter experimentado a festa. Até dizem que na canção eu descrevo um pouco do Círio. E essa canção é outro presente de Deus, pois quando eu vejo o povo cantando Senhora da Berlinda, eu tenho que agradecer a Deus, porque foi ele quem me inspirou. Eu não sabia nada de Círio, mas Deus sabia. Aí começa minha história com essa festa, só não sei mais quantas vezes eu vim. Cada Círio é único. O que eu mais desejo é que todas as pessoas possam ter essa experiência", declara. 

Todas as noites, até o dia 22 deste mês, shows musicais serão apresentados na Concha Acústica, sempre a partir das 20 horas. A entrada é gratuita. 

Confira a programação do Círio Musical 2022:

09/10 - Pe. Antônio Maria
10/10 - Anjos de Resgate
11/10 - Thiago Brado
12/10 - Rosa de Saron
13/10 – Ministério Seráfico
14/10 - Davidson Silva
15/10 – Missionário Shalom
16/10 - Semente do Verbo
17/10 - Tereza Mônica e Pe. Cavalcante
18/10 - Vida e Cruz
19/10 - Caju
20/10 - Adoração e Vida
21/10 - Adriana Arydes
22/10 - Ziza Fernandes

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!